Fairy Tail Eternum
Fórum role-play de Fairy Tail.
15/07 O tópico de regras foi atualizado com algumas informações referentes ao nickname de suas contas. Pedimos para que leia e caso esteja irregular, solicite a modificação para um administrador.

08/07 Lembramos a alguns usuários que os avatares precisam estar obrigatoriamente no tamanho 250x400, pedimos para que atualizem-os, afim de deixar o código ajustado de forma correta.

08/07Após algumas semanas de diversas mudanças, acreditamos que desta vez, o layout do fórum estará em sua forma definitiva. O problema dos links de acesso rápido foram consertados.
Últimos assuntos
» [Parceria] - Fighters RPG!
Ontem à(s) 1:26 am por Fightersrpg

» [PARCERIA] Blood Survivors RPG
Seg Out 08, 2018 2:12 pm por BS RPG

» Chegando com o pé na porta.
Sab Out 06, 2018 1:00 am por Death

» [Procurados] Carnificina Rage
Qui Out 04, 2018 7:27 am por Death

» [RP atemporal] - Um mundo cinza
Seg Out 01, 2018 3:10 pm por Nie Li

» Registro / Solicitação de narrações
Seg Out 01, 2018 9:01 am por Nie Li

» [Treinos] - Nie Li
Seg Out 01, 2018 8:59 am por Nie Li

» [ - TREINO - ] Testando limites
Sex Set 28, 2018 6:47 pm por Cameron Dupont

» [Treinos] - Shon Agria
Sex Set 28, 2018 4:14 pm por Shon Agria

» Pedidos de atualizações de Ficha e Perfil
Qui Set 27, 2018 5:48 pm por Charada

» [Treino: Perícia] Alice
Qui Set 27, 2018 5:35 pm por Charada


RP FECHADA [Atemporal] - Tea Time.

Ir em baixo

Postado em Sex Jul 06, 2018 1:19 am

Envolvidos: Kiwi, Asuka Kudou, Zarco e Nabrisa
Local: Zona Central -  Perto da 'Loja' de Chá.
Tempo: Nublado.
Data: Atemporal. Antes mesmo de todos entrarem em Guilda.
∆ LYL - FG


Última edição por Zarco em Sex Jul 06, 2018 1:37 am, editado 1 vez(es)
Ashes
avatar
Mensagens : 68

Idade : 20

Localização : Mermaid heel


Ficha de magos
XP:
50/100  (50/100)
HP:
250/250  (250/250)
MP:
315/315  (315/315)
Ashes

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Jul 06, 2018 1:22 am


Zarco

Zarco se lembra perfeitamente de seu pai, muito mais do que sua mãe, apesar de que o vínculo afetivo dele se tornou algo completamente inexplorado, afinal de contas nunca conseguiu com a boca falar a palavra ‘te amo’ para ambos. O fato é que uma lembrança veio à tona na sua memória, quando o seu padrasto bebia (Antes do retorno do relacionamento de sua mãe com seu pai sanguíneo), haviam fases de personalidade.  Na fase um, na primeira hora, mais ou menos por aí, depois de ter começado a beber, ele parecia que era melhor amigo do garoto - contando piadas, agitando o cabelo do menino, perguntando como ele estava, dando-lhe dinheiro.

Na fase dois, pelo menos era sincero, falava mal de todos a sua volta. resmungo ocasional sobre alguma coisa, depois aos poucos ele começava a ferver, amaldiçoando sua falta de sorte, praguejando contra as injustiças do mundo, reclamando obviamente disso e daquilo.

E a fase três? Vocês querem realmente saber? Era de incoerência com sinais de violência. Zarco não se aborrecia muito com isso, a violência, pelo menos desde pequeno aprendeu a lidar com ela, nem sempre fácil, porque é quase impossível esconder marcas roxas de uma pele tão branca como a dele. A fase quatro, a última fase era quando o 'pai' do garoto entrava num colapso de coma alcoólico. Em qualquer lugar. No banheiro, no sofá, na cama, no chão da rua, ele simplesmente cai, soltando um bufo de mau humor, todo tipo de líquido imundo saindo de sua boca. A coisa mais assustadora que um 'filho' pode ver.

Houve um dia que Zarco nunca mais vai esquecer, foi quando o seu padrasto pulou da fase um para a três. Ou talvez alguma coisa o tenha feito fazer isso. Bateu tanto nele que o corpo apresentava marcas de inchaço, seguidos de um belo xingamento, depois desse dia, a sua vida mudou, finalmente a sua família estava de volta, assim recebeu todo o carinho necessário.

[...]

A respiração dele estava pesada. Esperou um pouco de tempo para desenrolar as folhas de seu caderno de escrita, coçou a nuca, olhou para o lado, esfregou as mãos mais uma vez para que o suor não atrapalhasse no desenrolar, depois tomou fôlego e começou.    “ Isso pode levar um tempo” Pensou, realmente levou um bom tempo para organizar tudo. A dificuldade mesmo foi em abrir a porta de seu quarto, sério, ele teve que usar uma espécie de faca, enfiou na porta e usou como alavanca. A porta se abriu num estalo.

Ainda sentado em um banco qualquer da praça central, Zarco remexeu nos papéis de seu caderno. Não levou muito tempo, não eram muitos - folhetos de missões, velharias de desenho e papel em branco, claro que além disso o caderno continha partes escritas, histórias, falas e tudo o que ocorria na vida dele, principalmente os diálogos. Existem pessoas que entende o que ele quis dizer no conteúdo das folhas, sobre histórias completas e ilustradas de 'O matador em série' na folha 65 do seu caderno. Se nunca tivesse ganho esse caderno no seu 11° aniversário, se nunca tivesse escrito algo, Zarco não estaria vivo nesse momento.

Quando ele fechou o caderno a flexão do vento e das folhas fizeram com que um conteúdo voasse e o vento, por azar, bater e levar aquilo para mais longe. Ele se curvou tentando pegar, mas acabou sendo uma falha total. Podia ter gritado, falado com alguém que estava a passar pelo local para ajudá-lo, mas seu nascimento o fez perder a voz, não era culpa dele o fato de ele ter nascido assim, era? Sei lá, tem que haver uma razão para tudo? Acredito que não, o destino ainda vai ser bom para Zarco.

A 'carta' continuou a voar e ele se empenhou em correr atrás, mas acabou batendo na cara de uma garota ou um garoto? Não dava para ver o seu rosto e sua vestimenta não lhe transmitia nada, o seu rosto só começou a ficar vermelho e já se preparava para um longo pedido de desculpas.  Havia uma foto de uma mulher de uma revista para solteiros: Mulher tranquila de 50, magra e atraente, procura homem jovem 20-25 anos, para dançar e beber. Aprecia-se o envio de foto. Zarco agradecia pela oferta, mas abaixo não a aceitava.




Ashes
avatar
Mensagens : 68

Idade : 20

Localização : Mermaid heel


Ficha de magos
XP:
50/100  (50/100)
HP:
250/250  (250/250)
MP:
315/315  (315/315)
Ashes

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Jul 06, 2018 1:36 pm

♦ Krewella ♦
Flamie estava vagando pelas cidades de earthland fazia um bom tempo, dentre as muitas que ela passou a jovem gostava sempre de ficar um tempo a mais em Magnolia, ela não entendia o motivo, mas havia algo que seu coração sentia que a fazia ficar sensação idiota, por que ter isso sempre que passo por essa cidade, pensaria a jovem que levaria sua mão ao peito aflita com tal sensação que sentia. O vento corria na direção oposta a sua caminhada jogando seu grande cachecol negro flutuar de forma até bela, era uma caminhada estranha a menina fazia, olhava para os lados até que em meio aos seu fluxo de consciência se depararia com uma loja que captava sua atenção, Flamie soltava inconscientemente -ó- talvez fosse o letreiro amarelo ou que toda a loja tivesse as paredes pretas, gostei, preciso visitar esse local.

Ainda dentro da loja a menina via do que se tratava aquela loja, ela apontaria para um doce que estava na vitrine próxima ao caixa e diria -vou querer um desse- com um sorriso singelo na face a jovem aguardaria esperando o vendedor pegar seu sorvete com formato que se assemelhava a uma pistola, depois de pagar pelo sorvete a moça saia da loja feliz da vida a procura de um parque para sentar a aproveitar seu doce. A sua caminhada foi tranquila, ela começaria degustando o cano do seu sorvete, gostoso, tem gosto de baunilha, concluiria ao sentir o gosto do sorvete.  

Seu olho se deparava com uma cena bonita naquele dia nublado, uma praça com alguns bancos de concreto, árvores bem cuidadas e finos raios de sol que transpassam levemente as folhas das árvores, algo chamava sua atenção, folhas voavam carregadas pelo vento, uma em específico aparentava vir em sua direção, saltaria e esticaria seu braço livre para tentar pegar a folha, com a folha em mãos ela procuraria para ver se seria alguem o dono nossa, isso não é d…

Arquearia sua sobrancelha dando um ar de surpresa em sua face ao ver um menino que corria atrás da tal folha, Flamie esticaria o braço oferecendo a folha que havia pego e diria -essa folha é sua?- após sua fala a jovem morderia a porta do seu sorvete arma, continuaria a falar caso o menino não falasse nada -eu vou me sentar em um dos bancos para degustar o resto de meu sorvete, se importa de me acompanhar- depois de ver tudo que havia dito olharia rapidamente para o chão com vergonha, pensaria mas eu serei uma sniper, preciso ficar sozinha e viver apenas comigo, caminharia ela em direção a um banco onde tomaria um pouco de sol, mas ainda teria sobra por conta das árvores.


Armas:
Krewella Gun (guardada em sua lombar)
Rank: D
Descrição:Pistola dourada com cano ornamentado com o brasão da família Krewella, uma rosa.

Hp: 225
Mana: 175
「R」

_________________
Kiwi
avatar
Mensagens : 40


Ficha de magos
XP:
50/100  (50/100)
HP:
0/0  (0/0)
MP:
0/0  (0/0)
Kiwi

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Ter Jul 10, 2018 10:32 pm

Mermaid Blade
Arianna não passava de uma garota carregando consigo o destino de toda uma família grande. Natural daquela mesma cidade, Magnolia Town, portanto não era como se sua jornada estivesse sendo longa, para ser franco estava se iniciando naquele ponto. Para ser honesta, ela não sabia exatamente para onde seguir, só tinha certeza que não seria uma maga que levantaria os estandartes da Fairy Tail, uma vez que estaria próxima demais dos seus pais, ficando assim a mercê de ordens que influenciaram na sua evolução como maga. Não, decerto não era um tipo de pressão que Arianna estava disposta a sofrer.

Seguir caminhando sem exatamente saber para onde, tornavam as coisas com certeza mais complicadas do que normalmente seriam. Sentia-se mais segura ao portar a lamina da sua casa, era treinada o suficiente para ter noção de como usa-la para uma defesas bem executada, contudo, na zona central de Magnolia, provavelmente não seria nem um pouco retira-la da bainha, ainda mais com o fato de que sabia utiliza-la ofensivamente, sem nem mesmo mostra a lamina. Devaneios a parte, Arianna se depararia com a praça da cidade, um local bonito decerto, mas que não frequentava desde os tempos em que brincara com seu irmão Arlan.

Nesta ocasião, se deparava com uma dupla, que de principio aparentavam ser uma dupla de amigos, mas não poderia criar qualquer tipo de especulação sem antes conhece-los. Este pensamento levaria Arianna a pensar que, talvez pudessem ser caminhantes, ou quem sabe até mesmo poder ter algum conhecimento sobre guildas, bem como onde poderia encontrar o seu próximo lar. Se aproximaria calmamente, não era uma ameaça, ainda que estivesse com uma espada na bainha presa ao lado esquerdo da cintura. – Olá, colegas, podem me dar uma informação ? – Indagaria com o semblante um tanto quanto sério, embora fosse uma pessoa amigável, Arianna não era de sorrir muito.


Considerações:
Armas:
Arma: A Donezela | Embainhada na cintura
Tipo: Espada de uma mão
Descrição: Uma katana de uma única mão criada para movimentos ligeiros e precisos, tanto em cortes, quanto em perfurações. Tendo 70 cm de lâmina de um metal leve, dando a esta, obviamente, maior leveza do que as armas de metais mais comuns encontradas a venda, mas nada fora do comum. Seu cabo mede 20 cm com entalhes na coloração marrom e rosa, feitos de couro para um melhor manuseamento da arma. No que se é possível enxergar o desenho de uma serpente com cabeça de leão, o símbolo de sua família.
Nabrisa
avatar
Mensagens : 18


Ficha de magos
XP:
50/100  (50/100)
HP:
300/300  (300/300)
MP:
300/300  (300/300)
Nabrisa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissoes deste sub-fórum
Você não pode responder aos tópicos neste fórum