29.05.2018 - Novo tema do fórum

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. In maximus eu sem id auctor. Ut arcu turpis, porttitor nec est et, lacinia malesuada erat. Phasellus justo lacus, aliquet vel elit et, hendrerit porta metus. In convallis arcu eget luctus finibus. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum mauris felis, malesuada a libero et, faucibus efficitur est. Mauris a ante ut mi gravida fermentum. Nunc id velit nec dolor auctor mattis.

25.05.2018 - Atualização nas magias

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. In maximus eu sem id auctor. Ut arcu turpis, porttitor nec est et, lacinia malesuada erat. Phasellus justo lacus, aliquet vel elit et, hendrerit porta metus. In convallis arcu eget luctus finibus. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum mauris felis, malesuada a libero et, faucibus efficitur est. Mauris a ante ut mi gravida fermentum. Nunc id velit nec dolor auctor mattis.

Últimos assuntos
» [Procurados] Koko
Hoje à(s) 11:07 pm por Pão com Manteiga

» [Ficha] Milady
Hoje à(s) 10:54 pm por Meteora

» [Procurados]Okama Boy
Hoje à(s) 10:24 pm por Zane Pendragon

» [Entrada] Iron Man
Hoje à(s) 9:01 pm por Nightmare

» [Procurado] Mellany Sugar
Hoje à(s) 8:55 pm por Levy Silverheart

» [Procurados] O Sacerdote
Hoje à(s) 8:14 pm por Henry Amadeus Lockheart

» [Procurados]Katsujiro
Hoje à(s) 5:17 pm por Moira

» [Entrada] Lightning Kat
Hoje à(s) 3:17 pm por Narrador

» [RP Fechada] Um mago perseguido pelo passado e uma gatuna solitária.
Hoje à(s) 2:41 pm por Bloom

» [ENTRADA FECHADA] - Team Chiby Fairy
Hoje à(s) 2:13 pm por Ochako Uraraka

STAFF

Eternyun
Administrador geral
MP

Narrador
Administrador / Narrador
MP

Memory Days
Administrador auxiliar
MP
Conectar-se

Esqueci minha senha

Afiliados élite (0/28)
Hermanos (0/4)
Directorios (0/8)
Ambientação
Continua...

Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

Ir em baixo

Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

MensagemPostado em Qua Jun 13, 2018 11:28 pm

Havia ao menos uma semana que Krayvhuz teria chegado no pico dos monges desconhecidos. O grandalhão não sabia o que esperar ao ter acompanhado  o senhor tão distinto e pacifico, que assim como si próprio, também refletia e admirava a imensidão desse mundo e as coisas boas que nele era ofertado. Mas principalmente, a generosidade e bondade que ambos partilhavam em seu caráter.

Em meio aos monges, o dragon slayer permaneceu por muito tempo, observando e aprendendo tudo que podia com eles. Na primeira semana apenas ficou observando a calmaria que era instaurada no imenso monastério. Mas em meio a tanta devoção a um proposito da qual Krayvhuz não conhecia exatamente, ele podia ver uma certa dedicação com vossos corpos. Em dado dia, o rapaz chegou no mestre Gyatsu e o perguntou.

Senhor monge, por que treinam tanto seus corpos? Entendo que viajam e precisam de energia para isso, mas o que vejo aqui é uma disciplina sem igual.

Com muita calma o monge respondeu.

Caro jovem. Ao dedicarmos tanto trabalho ao nossos corpos. Conectamos nossa energia vital e magica em um só e moldamos nossa força para resistir as diversidades que possam cair sobre nos. Queremos a paz e prosperidade a todos, mas devemos zelar por nos mesmo também e protegermos que podermos. Eu vos convido a tentar o mesmo, pois sinto uma aura extremamente poderosa vindo de ti e receio que seria benéfico para ti.

O dragon slayer apenas concordou e então iniciou um treino particular com o monge Algo totalmente inesperado para o grandalhão que imaginava algo pesado. Lhe foi ensinado a se alongar. A principio, ficou embasbacado, porém ao tentar tocar seus pés com as pontas dos dedos, não conseguia. Lhe doía a dobra do joelho e sua coluna não era propicia para tal ainda. Era um mero amador em atividades físicas.

Passou a se alongar diariamente, várias vezes ao dia. Sentado, dobrava uma perna e com a outra, ele a deixava reta para frente, um pouco para a diagonal. Com o braço do mesmo lado, ele tentava tocar a ponta do pé e mantinha-se assim por 10 segundos. Logo após, ele tentava com a outra perna e repetia o tempo. Finalizado a primeira tentativa, ele repetia por mais duas sessões. Era um árduo trabalho de resistência física, da qual Krayvhuz ainda estava desacostumado. Por mais imponente que seu corpo sempre fora, ele era apenas um abençoado pela deusa da beleza ou o deus bodybuilder.

Seja como fosse, por algum período, o dragon slayer trabalhava suas juntas e alongava-se ao extremo para adquirir boa flexibilidade.


Considerações:
- Treino Flashback de Resistência Física.
Pão com Manteiga
avatar
Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/05/2018

Ficha de magos
XP:
0/0  (0/0)
HP:
0/0  (0/0)
MP:
0/0  (0/0)
Pão com Manteiga

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

MensagemPostado em Qua Jun 13, 2018 11:47 pm

Aprovado(a)


Treinamento Aprovado –  @”Pão com Manteiga”

+1 Ponto em Resistência Física  + 50 Exp!

Observação:

-Treinamento bem executado, só cuidado com a troca de pessoas, da primeira pra terceira e vice-versa.




━ ℵ
Narrador
Admin
avatar
Mensagens : 444
Data de inscrição : 23/04/2018
Narrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

MensagemPostado em Qui Jun 14, 2018 10:44 pm

Com bastante pratica e vários dias assíduos de treino, melhorando cada vez mais minha flexibilidade. Fui aprendendo a mais e mais sobre como se alongar com extrema e máxima capacidade, sem precisar prejudicar a coluna e fazendo poses e formas com todo o corpo, de maneiras que eu jamais poderia imaginar. Porém, eu ainda era apenas um novato, sabia o que precisava ser feito, mas ainda não tinha resistência suficiente em minhas juntas, para aguentar e suportar a pressão da elasticidade que era aplicado aos ligamentos dos braços e pernas. E obviamente, na coluna.

Passei a então melhorar e focar no meu quadril. Eu sentava com as pernas quase cruzadas. Para ser especifico, eu fazia de conta que ia cruzar as pernas, e então juntava as solas dos pés, uma na outra. Com as mãos devidamente fechadas, eu as juntava como uma única concha e a levava diante os dedos de meus pés. Sentado, com a coluna ereta, eu puxava meus pés para cima, forçando toda a extensão da perna a se dobrar mais. Sentia uma dor quase insuportável, mas aos poucos eu ia conseguindo aguentar e resistir como podia. Fui me ajeitando e acostumando cada vez mais com aquela posição.

Quando me senti mais apto, passei a inclinar meu torso todo para frente, ao mesmo tempo que eu puxava minhas pernas. Aquilo criava uma tensão extraordinária na região da virilha, que resultava em uma dor forte e um desejo de desistir. Contudo, eu teria decidido que ia aprender o estilo de vida dos monges, e por isso eu perseverei em minha empreitada em busca da flexibilidade corporal.


Considerações:
- Treino Flashback de Resistência Física.
Pão com Manteiga
avatar
Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/05/2018

Ficha de magos
XP:
0/0  (0/0)
HP:
0/0  (0/0)
MP:
0/0  (0/0)
Pão com Manteiga

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

MensagemPostado em Sex Jun 15, 2018 1:05 am

Aprovado(a)

Treino – Aprovado - @Pão com Manteiga

+1 Resistência Física e + 50 pontos de Exp

Observação:

Bem, não vou mentir, eu achei o seu treino bem fraco, em termos criativos e de ações. Resistência física existe desgaste, ou até mesmo uma surra leve, machucados e afins. Estava seriamente pensando em recusar seu treinamento, mas pesquisando sobre seu personagem, noto que ele não tem treinamentos evoluindo nesse quesito, de modo que se torna viável. Que treinamentos leves assim não se repitam, principalmente em termos de resistência!




━ ℵ
Narrador
Admin
avatar
Mensagens : 444
Data de inscrição : 23/04/2018
Narrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

MensagemPostado em Sex Jun 15, 2018 9:48 pm

Eu teria aprendido com o monge Gyatsu que me ensinará como se tornar um homem flexível, sem que doesse as juntas e as articulações. Através de dor e sofrimento, aprendi de fato como fazer tais movimentos e suportar quando doesse.

Mas os próximos tipos de posições, eu já pegava facilmente e devido a isso, eu sentia que não evoluiria mais em aspectos físicos. Agora era hora de passar a um novo estágio. Foi quando o monge Gyatsu chegou perto de mim e comentou.

Você é bem grande. Deve se cansar bastante caminhando. Mas ao menos mantém a forma e não engorda. Deveria adquirir mais tenacidade corporal.

E como deveria fazer isso, monge Gyatsu?

Fazendo o que já faz. Caminhando. Mas sem descanso e em um ritmo controlado continuo. Force os passos. Você é grande e cada passo seu é longo e por isso força mais. Sem mais palavras, vá caminhar bastante.

Não tive argumentos contra ele. Apenas me desencostei da palmeira que estava sentado e fui andando. Andava por volta do monastério e passeava, mais que treinava. Todavia, eu a cada volta no lugar, apressava mais o passo. Ia andando bastante e 5 minutos era bastante para eu começar a sentir uma certa falta de ar. Passei a andar quase trotando, forçando ainda mais meu corpo. Podia sentir o torso precisando se inclinar para frente e o movimento dos ombros para trás e para frente. Sem um aquecimento adequado ou falta de costume em praticar caminhadas e corridas, o músculo da região ficava dolorida, e por eu ter apenas começado a fazer a atividade física, fora isso que me ocorreu durante todo o processo.

Era bem diferente das longas jornadas que eu fazia, pois eu andava lentamente e descansava. E agora eu já estava correndo em torno de uns 10 km/h. Meu próprio peso me forçava e me esforçar mais e era trabalhoso. Eu me cansava e meu coração acelerava a cada segundo. A respiração era profundo e eu ficava cansado, mas tentava resistir como podia, para que tudo fluísse bem. Eu continuei a andar e fazendo revesamentos de corrida, porém, era bem desgastante e em dado momento, eu já me encontrava em exaustão, com o peido disparado e as pernas queimando. Mesmo sendo o dragão do céu, puxar o máximo de ar, ainda era insuficiente para recuperar o fôlego, pois minha garganta estaria seca, e por essa razão buscava água para me refrescar e cessar o arranhado na goela.


Considerações:
- Treino flashback + 1 em Resistência Física
Pão com Manteiga
avatar
Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/05/2018

Ficha de magos
XP:
0/0  (0/0)
HP:
0/0  (0/0)
MP:
0/0  (0/0)
Pão com Manteiga

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

MensagemPostado em Seg Jun 18, 2018 4:36 pm

O grande Pão com Manteiga, havia começado um hábito toda manhã de sentir o calor matinal, em seu auge quando nasce o sol. Ele se levantava bem cedo, assim como os monges do monastério. Provavelmente isso o influenciou também. O dragon slayer se alimentava bastante e depois de uns trinta minutos, ele com as roupas que havia recebido dos monges, começava a caminhar pelas montanhas do lugar. Costumava subir o mais alto que podia, para se acostumar com novos picos de falta de ar. Mesmo sendo o dragão do céu, ele ainda era um humano comum, que sofreria reações naturais em algum momento, e buscando e querendo evitar isso, o dragon slayer subia tais picos bizarramente altos.

Em dado momento, ele começava a correr, atingindo velocidades de 9 a 10 km/h. Ia subindo uma ladeira bem ingrime, sem perder o ritmo. Era difícil e Krayvhuz, seu verdadeiro nome, se esforçava ao máximo para subir, sem descansar. O ar aos poucos, ficava cada vez mais rarefeito e seus pulmões ainda não estavam acostumado. Nem mesmo seu corpo com a fadiga de fazer atividades físicas naquela região e por ainda estar adaptando-se a essa rotina de percursos longos durante a manhã.

Mas ele manteve naquele dia o passo. Um a pós o outro, ele avançava e avançava. Tentando chegar na marca que jazia um pessegueiro. Sua meta do dia, era alcança-lo e um dia tornar, o ponto de descanso para continuar. Com seu esforço, ele finalmente chegou correndo o mais breve que podia, e ao ver a árvore, ele correu para se encostar na mesma. Uma vez apoiado no tronco, ele escorreu seu corpo para sentar na grama do local e erguendo seu braço, ele alcançou um fruto e o pegou para comer, enquanto descansava.


Considerações:
- Treino flashback +1 resistência física.
Pão com Manteiga
avatar
Mensagens : 38
Data de inscrição : 30/05/2018

Ficha de magos
XP:
0/0  (0/0)
HP:
0/0  (0/0)
MP:
0/0  (0/0)
Pão com Manteiga

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Era Uma Vez. Um Conto dos Monges

MensagemPostado em Seg Jun 18, 2018 5:13 pm

Aprovado(a)

Treino – Aprovado - @Pão com Manteiga

+1 Resistência Física e + 50 pontos de Exp

+1 Resistência Física e + 50 pontos de Exp

obs: avaliação dos dois treinos acima

Observação:
Sendo uma boa forma de treinar resistência física ao meu ver, longas corridas ao meu ver desenvolvem sim o corpo de um ser, o tornando mais resistente.




━ ℵ
Narrador
Admin
avatar
Mensagens : 444
Data de inscrição : 23/04/2018
Narrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum