Fairy Tail Eternum
Fórum role-play de Fairy Tail.
15/07 O tópico de regras foi atualizado com algumas informações referentes ao nickname de suas contas. Pedimos para que leia e caso esteja irregular, solicite a modificação para um administrador.

08/07 Lembramos a alguns usuários que os avatares precisam estar obrigatoriamente no tamanho 250x400, pedimos para que atualizem-os, afim de deixar o código ajustado de forma correta.

08/07Após algumas semanas de diversas mudanças, acreditamos que desta vez, o layout do fórum estará em sua forma definitiva. O problema dos links de acesso rápido foram consertados.
Últimos assuntos
» Registro de magias
Hoje à(s) 2:38 pm por Schneider

» Ficha - Adam Schneider [Em Construção]
Hoje à(s) 1:40 pm por Schneider

» [Parceria] The Leaky Cauldron
Dom Nov 04, 2018 11:37 pm por Rebeca Pieterse

» [Parceria] - Fighters RPG!
Dom Out 21, 2018 1:26 am por Fightersrpg

» [PARCERIA] Blood Survivors RPG
Seg Out 08, 2018 2:12 pm por BS RPG

» Chegando com o pé na porta.
Sab Out 06, 2018 1:00 am por Death

» [Procurados] Carnificina Rage
Qui Out 04, 2018 7:27 am por Death

» [RP atemporal] - Um mundo cinza
Seg Out 01, 2018 3:10 pm por Nie Li

» Registro / Solicitação de narrações
Seg Out 01, 2018 9:01 am por Nie Li

» [Treinos] - Nie Li
Seg Out 01, 2018 8:59 am por Nie Li

» [ - TREINO - ] Testando limites
Sex Set 28, 2018 6:47 pm por Cameron Dupont


[Missão D] Resgate o Cão.

Ir em baixo

Postado em Qua Jun 13, 2018 7:42 pm

....



Novamente saindo do bar em direção aos arredores da cidade na busca de completar mais uma das tarefas, ou trabalhos, como gostava de chamar, para que pudesse arrecadar alguns fundos, talvez até ganhar alguma experiência em alguma coisa, apesar de improvável, o caminho era tranquilo e o clima estava agradável conforme eu lia a descrição da missão, aparentemente uma crueldade contra um animal. Isso me tirava o que eu já não tinha toda hora que via algo assim acontecer, como sempre o humano fazendo cagada, impressionante, minha empatia aparecia mesmo como uma chama, ou melhor, uma brasa, extremamente fraca, me fazendo simpatizar com a dona do animal que, provavelmente, era apegada a este, me fazendo divagar enquanto continuava caminhando na estrada de terra até a casa da tal senhora que contratara meus serviços.

O caminho fora bem rápido, extremamente seguro, diga-se de passagem, até a casa da mulher que estava aos prantos na porta de casa sendo consolada pelo que parecia ser um membro de sua família, uma situação lamentável eu diria, mas infelizmente tinha de manter meu profissionalismo e muito menos absorver as dores alheias, nunca tive tempo para isso e não seria hoje que teria, de qualquer forma me aproximei para conversar melhor com a mulher.

-Bom dia senhora, sou Halri Deijin, o Mago designado para a tarefa que pediu, posso saber um pouco mais?
Eu perguntei amigavelmente para a mulher, respeitando seu espaço para que contasse a história que eu, mesmo que ela não soubesse disso, já sabia para que pudesse absorver o máximo de informações possíveis que pudessem não ter sido colocadas na descrição da missão. A mulher me contava lentamente a história, muitas vezes soluçando ou parando no meio da história para chorar ou recompor-se, mas após algum tempo pude ter a totalidade de tal conto, digerindo-o rapidamente tive o fato de que o cachorro dela sumira a noite passada e, aparentemente, um vizinho com um comportamento já apático para com seu animal poderia ter capturado seu cachorro para livrar-se dele, isso tudo suportado pelo fato da mulher confirmar ter ouvido um choro de seu cachorro na casa de seu vizinho logo á frente. Isso era suficiente para que u pudesse tomar uma ação.

Me retirei da casa da mulher e me encaminhei logo ao outro lado da rua, a casa era, literalmente, na frente da sua casa o portão estava fechando, impedindo minha passagem, então bati três vezes na porta fazendo um som de madeira seco e duro. Alguns minutos depois um homem mal-feioso revelou-se, sua aparência não era das melhores sem dúvidas, mas eu não podia julgar pelas aparências, então comecei a perguntar o homem algumas coisas simples, do tipo: "Você sabe onde está o cachorro da mulher que mora á sua frente?" e etc, todas suas respostas negativas e constante aparência de irritação me deixou intrigado por mais respostas. Terminadas as perguntas fingi ter saído do local, mas dei a volta em sua casa para sondar o lugar melhor, procurando por um local com uma entrada mais fácil, uma cerca baixa me ajudara nesse processo, dando em um quintal extenso, não muito tempo por lá e pude ouvir um barulho bem baixinho como um choro logo á minha frente, me aproximando pude ver um cachorro acorrentado e com uma focinheira que aparentava estar bem apertada, suficiente para que ele mal pudesse respirar, me apressei para soltar ele e acabei fazendo algum barulho enquanto carregava ele em meus braços para tirar este da propriedade do vizinho, levantando-o pela cerca e deixando-o livre, fazendo este correr na direção de sua antiga casa.

Mas nem tudo são flores e o homem aparentemente me ouviu enquanto eu libertava o cachorro e, com uma barra de metal vinha correndo em minha direção com intenções hostis antes que eu pudesse explicar qualquer coisa, um ataque horizontal se seguiu de sua movimentação hostil, meus movimentos mais rápidos que os dele me permitiram esquivar por abaixar meu corpo e girar com minha perna direita esticada, lançando o homem ao chão com uma rasteira bem colocada, mantive minha posição para demonstrar que não tinha qualquer intenção hostil e não queria brigar com ele, mas sua raiva parecia ser intensa e levantou-se avançando novamente, desta vez golpeando-me com a barra de ferro nas costelas, a dor era grande mas não suficiente para me parar, a adrenalina me impulsionando a golpear o homem com um cruzado de direita diretamente em seu queixo, deixando este caído no chão em resposta, desacordado.

Pulei a cerca assim como entrei, a minha costela doía menos, mas ainda assim doía, e minha mão na região do golpe representava isso enquanto eu me aproximava da dona com seu cachorro, agora salvo, e acenava rapidamente com a cabeça, saindo dali em seguida.


Halri Deijin
HP: 205/225
MP: 165/175
MS: 8m/s

Considerações:
-Obrigado pela avaliação, quem avaliar.


Missão:
Missão: Resgate o cão
Rank: D
Objetivo: O cão de uma senhora eventualmente fugiu pelas ruas enquanto esta atendia uma de suas visitas e desapareceu sem retornar. A senhora tem certeza que fora seu vizinho de frente, um senhor mal humorado, que fez mal a ele e que ainda pode estar ali, pois ouviu um choro muito parecido com o seu, assim, ela deseja que resgatem o mesmo sem causarem escândalo e ,em ultimo caso, vinguem seu animal.


Deijin
avatar
Mensagens : 304


Ficha de magos
XP:
21/1200  (21/1200)
HP:
900/900  (900/900)
MP:
900/900  (900/900)
Deijin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Qua Jun 13, 2018 7:53 pm

Avaliação



Missão Aprovada.

+50 XP
+2.000 Jewels


(C) Ross
Narrador
avatar
Mensagens : 989

Narrador

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissoes deste sub-fórum
Você não pode responder aos tópicos neste fórum