Fairy Tail Eternum
Fórum role-play de Fairy Tail.
15/07 O tópico de regras foi atualizado com algumas informações referentes ao nickname de suas contas. Pedimos para que leia e caso esteja irregular, solicite a modificação para um administrador.

08/07 Lembramos a alguns usuários que os avatares precisam estar obrigatoriamente no tamanho 250x400, pedimos para que atualizem-os, afim de deixar o código ajustado de forma correta.

08/07Após algumas semanas de diversas mudanças, acreditamos que desta vez, o layout do fórum estará em sua forma definitiva. O problema dos links de acesso rápido foram consertados.
Últimos assuntos
» [Parceria] - Fighters RPG!
Dom Out 21, 2018 1:26 am por Fightersrpg

» [PARCERIA] Blood Survivors RPG
Seg Out 08, 2018 2:12 pm por BS RPG

» Chegando com o pé na porta.
Sab Out 06, 2018 1:00 am por Death

» [Procurados] Carnificina Rage
Qui Out 04, 2018 7:27 am por Death

» [RP atemporal] - Um mundo cinza
Seg Out 01, 2018 3:10 pm por Nie Li

» Registro / Solicitação de narrações
Seg Out 01, 2018 9:01 am por Nie Li

» [Treinos] - Nie Li
Seg Out 01, 2018 8:59 am por Nie Li

» [ - TREINO - ] Testando limites
Sex Set 28, 2018 6:47 pm por Cameron Dupont

» [Treinos] - Shon Agria
Sex Set 28, 2018 4:14 pm por Shon Agria

» Pedidos de atualizações de Ficha e Perfil
Qui Set 27, 2018 5:48 pm por Charada

» [Treino: Perícia] Alice
Qui Set 27, 2018 5:35 pm por Charada


[RP FECHADA] I wonder what the difference is between love and lust...

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Postado em Sex Maio 04, 2018 3:28 am

I wonder what the difference is between love and lust

— Onde: Era
— Com: Heishiro Nightroad e Lust  Yakthothnafh
— Quando: Após ambos serem aceitos como magos.
— Ás: 15:00

━ ℵ
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 04, 2018 4:04 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


Envy parecia revoltada com a ideia de já terem que ir embora da cidade, não achava justo que esta ida fosse apenas uma passagem, Envy queria ficar, desfrutar novamente do conforto de uma cidade grande, um sofá macio, comida quentinha enquanto Lust segurava a boneca pelas mãos e apesar de seu tamanho a rodava no ar, toda alegre e sorridente com os olhos brilhantes

- Nós conseguimos Envy, eu disse que eu não conseguiria sem você, obrigada pela ajuda... prometo me esforçar mais para concerta-la como gratidão.

Assim ainda sorrindo voltava o olhar para o olhar inexpressivo da boneca, o que aos poucos fazia com que Lust fosse perdendo o sorriso e parando de sacudir Envy enquanto a ouvia falar em sua mente - "Lust minha querida, eu sei que você conseguiu, não precisa me sacudir desta forma, mas agora que você conseguiu o que você queria, que tal irmos a uma pousada, das mais caras nos deliciar em um banho de espumas tomando vinho e comendo chocolates?" - Lust colocava assim a Marionete ao chão em pé e colocava as mãos entre os seios puxando uma pequena bolsinha mostrando algumas poucas notas e moedas de baixo valor para a boneca.

- Me desculpe Envy, mas isso é tudo que temos... acho que se dermos sorte conseguimos pegar alguma coisa para comer antes de sairmos da cidade o que acha?

Falava parecendo mais animada por achar ter uma solução legal para a boneca, porem Lust sabia que Envy era difícil de ser agradada então não se espantou ao ouvir a boneca gritar - "LUST SUA EMPRESTAVEL!  você gastou todo nosso dinheiro em coisas estúpidas, ajudando os outros pelo caminho, agora quando estamos em um lugar descente, não temos o dinheiro para sermos pessoas descentes e ir para lugares descentes, por isso as pessoas te odeiam..." - Ouvir o que a boneca dizia partia o coração da demônio, que logo abaixava o rosto olhando para o chão, com os olhos mareados e dizia baixinho

- Me perdoa... mas vamos, eu vou atrás de coisas boas para você... depois eu vejo algo para comer...

Assim se virava de costas para que a boneca pudesse "subir" em suas costas, para assim pega-la de cavalinho para carrega-la em suas cosas, como havia feito o caminho todo de sua casa até o centro de Era, para que sua única amiga não reclamasse que estava cansada ou que o chão era quente e/ou cheio de areia ou sujo e etc.


Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 04, 2018 5:33 am




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

Eu havia terminado de tirar minha licença como mago… agora estava pronto para continuar meu trabalho, desta vez solitário e não mais com o berço da Catedral me apoiando. Próximo ali algo me chamava muito a atenção… um demônio andando livremente em meio a humanos? Ela não parecia estar prestes a atacar ninguém porém um demônio é um demônio e a qualquer momento ela poderia começar a causar problemas. O grande problema era que eu estava em uma cidade altamente Militarizada e sem a ajuda da igreja estaria em problemas caso eu a elimina-se aqui. Precisava arranjar um meio de tirá-la da cidade sem levantar suspeitas então decidi me aproximar e tentar um diálogo razoável...
-Com sua licença!!! Sou Heishiro Nightroad e acabei de terminar de tirar minha licença para magos e meio que estou um pouco perdido sobre o direcionamento da cidade. Preciso ir para Oak town para resolver um assunto importante. Conheço bem o interior desta cidade mas preciso saber ao certo em qual direção devo sair da cidade. Será que a senhorita poderia me auxiliar sobre qual caminho devo tomar? Podemos resolver issos numa Cafeteria-restaurante próximo daqui… isso é caso aceite o meu convite.
torcia para que a mesma aceitasse me acompanhar pois seria mais fácil de levá-la para fora da cidade.




STATS


Última edição por Heishiro Nightroad em Sex Maio 18, 2018 12:56 am, editado 3 vez(es)
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 04, 2018 10:57 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


Enquanto Envy "subia" as costas de Lust, a menina ouvia a boneca dizer  - "cuidado" - fazendo com que a menina erguesse o rosto e o virasse suavemente para o lado vendo assim o rapaz que se aproximava,cabelos brancos e longos, óculos, um rosto angelical e vestes religiosas. Isso fez com que Lust suspirasse e voltasse ao que fazia segurando nas pernas da boneca e a colocando de cavalinho, como se fosse uma criança em suas costas.

Antes que Lust pudesse sair com Envy, fora abordada por aquele homem que via se aproximar, fazendo com que esta voltasse seu olhar para o rapaz e sorrisse de forma doce enquanto apenas Lust ouvia Envy começar a falar em sua mente - "Boa tarde, eu sou Envy e sem mim Lust nunca conseguiria ser ninguém, então acho que estamos em patamares próximos, apesar que poderiam ser ainda mais próximos, porque afinal alem de belo es um homem gentil e eu adoraria ir com você tomar um café e quem sabe não podemos nos conhecer melhor?" - Isso fazia o rosto de Lust ficar corado enquanto a menina movia a mão da boneca por cima do ombro de Lust, com a mão mesmo como se a estendesse para cumprimentá-lo, voltando a segura-la com ambas as mãos nas pernas da marionete, assim se o rapaz reparasse perceberia que Lust fazia aquilo de forma inconsciente e por mais sem graça que estivesse olhava de relance para a boneca e voltava a olhar para o rapaz dizendo

- Envy tenha modos pelo amor daquele que a criou... Me perdoe pela Envy ela não tem muito tato com palavras e pessoas, sem contar que eu não sabia que era tão atirada... Mas me deixe fazer isso direito e você Envy silencio!

Assim vendo que ambas as mãos estavam ocupadas por segurar a boneca, Lust fazia uma breve mesura ao rapaz como forma de comprimento, enquanto ouvia Envy reclamar sussurrando em seu ouvido - "Lust sua incompetente, quem você pensa que é para me fazer passar vergonha a frente do rapaz, você não consegue mesmo apreciar o que é bom né, por isso vivemos sozinha, se você quiser continuar só, passe ele para mim e va embora, afinal ele é muito mais bonito do que você vai ser um dia e em poucas palavras se demonstrou ainda mais interessante!" - As palavras de sua Única e Melhor amiga machucavam o coração da pequena demônio que logo voltava o olhar para o rapaz de forma mais triste, porem não deixando de mostrar um sorriso caloroso e acolhedor, enquanto evitava de olhar o rapaz aos olhos.

- É um enorme prazer conhecê-lo Senhor Nightroad, eu me chamo Lust Yakthothnafh  e está aqui em meus braços é a minha melhor amiga, Envy Yakthothnafh. Apesar da coincidência de sobrenomes, não somos parentes, mas sim melhores amigas desde sempre, por isso peço perdão pelas palavras de minha marionete, ela não costuma ser tão atirada, mas acho que ela só esta empolgada de você vir fala conosco...

Enquanto falava a garota se movia de forma inconsciente fazendo com que a marionete que estava em suas costas tombasse o rosto para o lado a fazendo bater com a cabeça na cabeça da garota e assim esta a ouvia voltar a sussurrar - "O que você pensa estar fazendo? ah já sei, Lust sua safada! você também percebeu que ele é um gato e... TA QUERENDO ROUBAR ELE DE MIM? que porcaria de amiga você é? Sai eu vi primeiro! " - As palavras de Envy deixavam Lust apenas mais vermelha, afinal em anos era a primeira pessoa humana que conversava, sentia falta de sua mãe e não tinha noticias dela ainda, mas sabia de sua missão. Assim ajeitou a boneca no colo para que esta voltasse a ficar ereta e continuou a falar ainda mais sem graça

- Não seja louca Envy! Mas como eu dizia Senhor.... - Fazia uma pequena pausa tentando lembrar do sobre nome do rapaz quando ouvia Envy - "Nightroad, Heishiro Nightroad " - fazendo com que a garota movesse o rosto de forma afirmativa e continuasse a falar -Senhor Nightroad, tambem recebi meu registro a pouco tempo e ficaria honrada de ajuda-lo quando sairmos da cidade, eu só preciso levar envy para arr... ai! -

Falava ao achar que sentia a boneca lhe dar um chute, mesmo que essa não se movesse para então sussurrar - "Lust, esquece as peças, sério, não podemos perder essa companhia, vamos tomar o chá com bolinhos, mas me coloque sentadinha ao lado dele e não se atreva a olhar para o que vai ser meu!" - Lust novamente movia o rosto de forma afirmativa e voltava o olhar para o rapaz abrindo um sorriso doce e tímido.

- Eu ficaria.... aiii... nós ficaríamos honradas em acompanha-lo a cafeteria se isso... for realmente de seu agrado. -

Lust sabia que geralmente não era bem vinda aos lugares por conta de seus belos chifres curvados para frente e suas asas negras, porem quem sabe aquele rapaz não poderia ser uma exceção, afinal como uma pessoa do clero ele deveria ter em sua mente os mesmos ensinamentos de Lust, Amor, compaixão, carinho, felicidade e etc.



Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 04, 2018 2:06 pm




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

"-Estranho” era a sensação que sentia quando via aquela demônio falar com uma boneca. Ela falava com a boneca como se praticamente ela realmente respondesse, afinal eram tensas longas pausas de silencio seguidas de frases sem nenhum nexo como se tivesse mais alguém ali. Para mim pouco importava o que aquela louca estava fazendo, mas parecia que ela respeitava e tecnicamente obedecia as ordens da boneca então eu tinha que entrar naquele jogo.

- Então senhoritas que dizerem me acompanhar vi as proximidades daqui um belo restaurante onde podemos talvez comer algo escolham o que quiser, será por minha conta.

Olhando para a demônio que parecia ser altamente submissa, continuei olhando para a boneca.

- Pelo que parece sua amiga deve gostar muito de você para que não precise andar.... mas ela pode estar meio cansada –Segura a mao da boneca- será que eu poderia carrega-la em meus braços para que ela possa descansar um pouco?


Eu realmente não sabia o que estava fazendo. Eu estava falando com uma boneca,,, mas não importava, ninguém ia dar falta de uma demônio que falava com bonecas, afinal ela aparentemente não era dali.

- Bem cara senhorita Lust não sei se a senhorita esta com muita fome mas pegue esta fatia de bolo... eu iria guarda-la para a viagem mas compro outra quando chegarmos lá.


Tirei da minha bolsa uma fatia de bolo que realmente havia guardado para a viagem e o dinheiro que seria gasto daria para me alimentar durante aproximadamente cinco dias, mas valeria apena pois seria uma nova Soul para mim e possivelmente eu ainda venderia aquela boneca para conseguir o que gastei de volta ou ate mais um pouco.

- E então senhoritas... Vamos?
 


STATS


Última edição por Heishiro Nightroad em Sex Maio 18, 2018 12:57 am, editado 2 vez(es)
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 04, 2018 4:21 pm

I wonder what the difference
is between love and lust...


- Não posso aceitar isso Senhor Nightroad, provavelmente sairia bem caro alimentar nós 3, não precisa se incomodar.... Nós podemos ir em um lugar mais... Aiiiii!

reclamava ao sentir como se a boneca a batesse novamente, assim olhava para Envy que murmurava irritada - " Você quer fuder com nós duas? é comida grátis e um homem lindo, para de ser idiota Lust, honre pelo menos o nome que tem, ache um homem descente para você e pare com essa vida de andar para cima e para baixo, mas vá procurar outro que este bonitão ai é meu!" -  Assim Lust apenas suspirava para dizer alguma coisa quando ouvia a proposta do rapaz, isso a fazia arregalar os olhos, afinal não queria que ninguém tocasse em envy, porem sentia como se a boneca pesasse e tentasse se atirar no rapaz. - " anda lust me solta... eu quero sentir aquele corpo de perto, ver se ele é o homão que ele aparenta ser, vou poder sentir o perfume dele de pertinho." -

Assim Lust olhava para o rapaz com o olhar amedrontado, não podia ir contra Envy afinal ela sempre salvou lust de tudo que podia e até mais, não podia privar sua boneca de algo que ela queria tanto, mas, não se sentia segura em deixar Envy nas mãos de um desconhecido.

- Eu acho muito nobre de sua parte seu convite e sua oferta mas...

Olhava para a boneca assim suspirava na direção dela, podia sentir ela brava mesmo que essa não falasse ou se movesse, assim olhou aos olhos da mesma e fechou ambos os olhos dando uma longa piscada, não percebendo dos mesmos saiam dois coraçõezinhos que rapidamente encostavam as olhos da boneca deixando os dois marcados com aquela forma, assim a coisa mudava de figura, o rosto da boneca parecia tombar para o lado e logo ela se soltava dos braços de lust e assim caminhar até o rapaz, parecia que o desenho de seus olhos olhavam aos olhos do mesmo, até que esta se colocou atrás do rapaz, colocando ambas as mãos sobre os ombros dele fazendo uma suave caricia, para em seguida se aproximar mais e erguer uma das pernas ao redor da cintura dele esperando que este a segurasse para em seguida dar um pulinho e colocar a outra perna. Assim a boneca passava as mãos pelos ombros do rapaz e descia de forma firme como se quisesse sentir o corpo dele, para em seguida voltar o olhar para Lust - "Ele é exatamente como eu imaginava, uma delicia de homem e agora ele é todinho meu!" - após esse momento o rapaz pode sentir o rosto da boneca recostar em seu ombro e ela ficar com as articulações moles novamente, de seus olhos sumiam os corações que a pouco encaravam o rapaz e  assim fazia a boneca parecer um pouco mais desengonçada para carregar. Enquanto isso Lust olhava com um tom de tristeza para tudo isso, afinal não era pelo rapaz, na verdade não entendia o porque Envy estava tão atiçada quanto ao moço, mas sentia seu coração doer por ela preferir caminhar aos braços de outro só porque ele era mais bonito, assim disse em uma tonalidade baixa dando um sorriso amarelo com o canto dos lábios

- Bom, eu acho que a Envy já decidiu abusar da sua boa vontade, bom, obrigada por oferecer ajuda, afinal eu venho a carregando desde que saímos de nossa cidade, afinal ela detesta se sujar, quer estar sempre linda e impecável, mas isso realmente cansa.... você tem certeza que não tem problema?

Assim sorria e se aproximava do rapaz, este que logo a oferecia uma fatia de bolo, aquilo parecia delicioso, fazia o estomago de lust roncar baixinho a fazendo levar a destra sobre a barriga como se tentasse acalma-lo, mas sentia que já estava abusando muito da boa vontade do rapaz, porem acabava aceitando, por estar faminta, afinal depois poderia juntar o dinheiro que tinha e comprar um novo bolo para o rapaz. Então com um sorriso doce apesar de um olhar triste a garota pegava o alimento e se curvava novamente diante do rapaz como forma de agradecimento

- Muito obrigada Senhor Nightroad, é muita gentileza de sua parte!

Assim a demônio se mantinha ao lado do rapaz, enquanto olhava para o bolo em suas mãos começando a caminhar seguindo os passos daquele homem, não podia deixar de olhar para ele vez ou outra, afinal, queria se lembrar do homem que carregava tanta generosidade em seu coração, era como se aquele rapaz pudesse manter acesa a chama da bondade que sua mãe havia lhe ensinado, mas ainda sim não queria confiar totalmente naquele rapaz como Envy havia feito, pois já havia sido enganada por vários

- Você disse que não é daqui, creio que assim como eu talvez o Senhor deve ter percorrido um longo caminho para chegar, se me permite ser curiosa, de onde você vem?




Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 04, 2018 6:29 pm




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

Após ter entregado o bolo para a demônio e ter aninhado gentilmente a boneca as costas. Realmente eu poderia estar em sérios apuros, pois não sabia que aquele demônio controlava marionetes. Tinha que me manter calmo, mas eu não iria mentir sobe quem sou.

-Bom eu sou um pa... eu era um padre da Santun Sacramento, eu era um nômade. Sei que esta guilda é conhecida por exterminar guildas demoníacas a serviço do império mas por causa do que sou fui expulso... tenho um monstro dentro de mim... na verdade pode ter vários monstros... fui amaldiçoado com um poder que eu não queria ter.... meu único objetivo na vida é trazer a alegria ao mundo. Todos estarem livres para poder viver sem se preocupar com o que seja ou o que aparenta ser e ai sim  poderei ser aceito pelo que eu sou e não pelo que posso aparentar. Esta magia, Take over Satan Soul é uma magia bem rara que consiste em pegar as almas de demônios para que eu possa utiliza-la como ajuda no meu sonho. Não se assuste não irei te atacar nem acabar com você ois eu somente utilizo isso contra demônios que realmente merecem encontrar o seu fim e assim eu integra-lo a mim.


Dou um suspiro olhando para o céu com o rosto imaginando como seria um mundo assim e logo volto a olhar para a demonio a fim de saber se ela se asustara.

- Espero não ter te assustado... bem se não se importa vamos por aqui, é uma rua bem movimentada por causa dos carentes mais é um caminho que leva a um ótimo restaurante.


Tinha que manter o foco, afinal nuca vi demônios serem bons se não fosse por interesse a algo; todos não prestavam...deviam ser eliminados da terra para que assim meu sonho pudesse se realizar.
Eu ajeitava a boneca nas costas a fim de que ficasse mais fácil de carrega-la, pois embora parecesse bem leve ela não estava mais sustentada por si, mas sim estava desconjuntada.

 -Espero que goste de onde vamos!


STATS
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Seg Maio 07, 2018 4:26 pm

I wonder what the difference
is between love and lust...


Estava caminhando ao lado do rapaz quando o ouvia dizer quem ele era, um ex padre que caçava demônios, isso fez com que a menina parasse de andar por alguns segundos quase derrubando o bolo ao chão, era perigoso estar com ele, ele poderia mata-la facilmente, pois não iria querer atacar alguém com um coração tão doce, ainda mais se o que ele dizia fosse verdade, ele era alguém como ela,  alguém que queria ser aceito de alguma forma, por conta desse tal monstro da maldição. Isso fazia com que Lust finalmente pudesse compreender o que os outros sentiam dela, alguém que parecia perigoso.. mas não se deixaria ser como os outros, afinal eles apenas machucaram o coração da garota com tamanho preconceito, assim ao ver ele olhar para o céu, a demônio respirava fundo, se aproximava dele dando uma corridinha  para o lado do rapaz e olhava para ele dando um enorme e carinhoso sorriso.

- Bom, é claro que sempre nos assustamos com aqueles que tem o poder de nos matar, mas... eu prefiro confiar em você!  - Com isso fechou rapidamente os olhos ainda sorrindo e tocou com o rosto ao ombro dele, ainda de olhos fechados podia sentir como ele era quentinho, mas como sempre Envy atrapalhava a todo momento gostoso que Lust tinha com sua voz irritante e gritada - "Heyyyy sai de perto, eu já disse que esse homem é meu, olha só, não é porque eu vendi o peixe que é para você comprar, afasta piranha, afasta! Sem contar que ele bem que podia acabar com a sua raça, você me deixa toda quebrada andando por ai, ele pelo menos tem me dado valor, quem sabe eu não posso ser a bonequinha dele?" -

Ao ouvir tais palavras Lust se afastava rapidamente do rapaz e abaixava o rosto deixando o cabelo esconde-lo, havia perdido o sorriso, havia perdido a felicidade tudo por conta daquelas palavras, não acreditava que isso sairia da boca de sua única amiga, assim apenas respondeu ao rapaz com a voz baixa.

- Claro, não me importo de tomarmos o melhor caminho... sem contar que tenho certeza que irei adorar onde vamos...e me desculpe Envy...

Assim caminhou em silencio ao lado do rapaz tomando uma certa distancia para não ofender nem ele nem Envy, porem ouviu ao fundo pessoas gritando, isso fez com que a demônio erguesse o rosto com o olhar levemente molhado e olhasse ao redor acelerando um pouco o passo, odiava gritos, odiava confusão, isso lembrava tudo que a machucava, assim parou ao lado da porta de uma farmácia, ouvia o dono da farmácia gritar com uma adolescentes que usava a roupa surrada, provavelmente uma moradora de rua, falando que ela era uma assaltante, que roubou os remédios e agora inventava a história que seu avô estava doente só para poder se safar quando as autoridades chegassem. Lust podia ver no olhar da jovem que ela não mentia, que tinha um coração bom, e se aproximava, ambos arregalavam os olhos olhando para a garota que se aproximava séria, a menina pensava em correr mas Lust segurava seu braço suavemente falando olhando fixamente para o rapaz da farmácia.

- Quanto ela lhe deve? - O rapaz começou a chiar assim Lust franziu as sobrancelhas e olhou para o rapaz impondo mais a voz enquanto falava - Quanto ela lhe deve, é uma pergunta simples de resposta simples, o valor dos remédios, é o que eu quero saber - O rapaz respondia ainda sim ofendendo a menina que olhava ao redor assustada, com isso Lust olhava para a garota e dizia - Só um momento por favor - Assim soltava o braço da moça e puxava todo o dinheiro que tinha, era basicamente tudo o que o rapaz havia dito como valor, assim com um doce sorriso a mulher entregava o dinheiro para o rapaz da farmácia e pegava os remédios das mãos dele se virando para a garota e entregando todos a ela.

- Você não deveria ter roubado e sim procurado ajuda, eu sei que nem todas as pessoas são boas, mas... você pode conseguir encontrar o melhor lado delas se tentar... bom, agora esses remédios são seus, va até seu avô e diga para ele que eu o desejo melhoras.

Assim se afastava da garota e sinalizava para que ela fosse logo ao encontro de seu avô e assim se voltava para o padre de cabeça baixa ouvindo o que Envy tinha a dizer - " Não acredito que você gastou todo nosso dinheiro de novo com esse povinho nojento, eles só estão na rua porque são vagabundos, se trabalhassem poderiam ter algo e..." - Nesse momento Lust levantava a voz para a boneca que se calava em seguida, pois ela sabia que não tinha como ganhar nesta briga. - Envy, cala a boca agora, não fale sobre o que você não sabe, eu não aceito isso! - Em seguida ainda de cabeça baixa falava para o rapaz. - Perdoe-me por atrasar nossa caminhada e pela Envy ela não tem muita noção, podemos continuar, por favor?- Dizia apontando para a rua para que o rapaz tomasse a dianteira e ela o seguisse.






Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Seg Maio 07, 2018 11:22 pm




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

Impossivel... não... não não não não não não ... ta errado... um demônio nunca ajudaria um humano!!! – essas palavras passavam na minha mente como se ecoassem em um abismo. Um demônio nunca poderia se compadecer de um humano. Tudo que eu havia aprendido estava se desvirtuando. No breve momento eu me vi quando era pequeno e pelas coisas que passei... vi um pouco de meu passado ao qual não recordava ate o meu fatídico dia.
Recobrei-me a consciência e comecei a sentir remorso do que eu estava pronto a fazer. Era algo errado, mas tinha que ser feito. Havia jurado que exterminaria todo o mal da terra e ela poderia esta tentando me enganar ou somente ainda não tinha agido da sua real natureza. Mexia em meus óculos e secava o suor frio que escorria de minha testa enquanto a demônio falava comigo e repousava sua cabeça em mim. Outras imagens do meu passado apareciam como relâmpago na minha mente  mas foram interrompidas com a mesma falando com a sua boneca.

-Foi um gesto muito nobre de sua parte se oferecer para pagar os remédios daquela jovem. Eu realmente me comovi com o que fez, porem a de convir que ela deve pagar por seus pecados, um erro é um erro e não existe nada que justifique o pecado mas mesmo assim você contornou a situação. Voce pode ter certeza... em quem quer que você acredite... ira recompensar sua boa ação. Enfim, agora vamos ao restaurante; você deve...digo vocês devem estar famintas.


Cada passo que dava em direção a concretizar de meus planos era como se navalhas perfurassem meu coração



STATS
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Ter Maio 08, 2018 1:12 am

I wonder what the difference
is between love and lust...

Esperava o rapaz tomar a dianteira e assim ia o acompanhando, mas não tinha coragem de olhar para ele, não por causa do rapaz em si, mas por causa do que Envy havia dito, com isso ouvia a voz do rapaz lhe chamar a atenção e assim prestava atenção em cada palavra, respirando fundo e suspirando

- Queria poder fazer mais por ela, afinal no desespero todos comentem pecados, por mais puro que seus corações sejam, mas ela ainda é muito nova para pagar por algo que nem é culpa dela, afinal se ela tivesse condições tenho certeza que la não roubaria... da mesma forma que... eu sinto que essa garota não irá mais roubar, pois finalmente sentiu o que é a compaixão... mesmo que vinda de um ser tão estranho como eu... ela sabe que o que eu fiz foi de coração,  e fará isso para o próximo... afinal espalhar bondade é contagiante!

Assim dava um breve sorriso que aparecia em meio aos cabelos negros da garota que continuava a caminhar ao lado do rapaz finalizando respondendo o sobre o restaurante.

- Sim, mas eu ainda me sinto péssima de você pagar para nós, mas eu deveria ter pensado nisso antes de dar todo meu dinheiro a aquela menina... apesar que eu posso comer o bolinho, ai é menos uma menina para se preocupar!

Brincava enquanto continuava seu caminho ao lado do rapaz, até que ouvia uma criança chorar, nesse momento virava o rosto para o lado, procurando de onde vinha aquele choro, com isso ouvia outra criança dizer

- Desculpa mãe a moça da loja não quis vender a fatia de bolo por uma moeda, eu tentei, porque eu sei como é importante para o meu irmão o aniversário dele, mas ela disse que não podia....

Assim a criança que falava começava a soluçar como se segurasse o choro, enquanto a mãe abraçava os dois tentando acalmar ambas as crianças dizendo

- Ela deve ter um bom motivo para não poder vender, vem cá pequenos vamos comemorar o aniversário com abraços!

Os pequenos aos poucos iam parando de chorar, mas lust encontrava com os olhos tristes da criança menor, o aniversariante, sentia como se seu coração quebrasse com aquele olhar, assim deu um passo na direção de ambos mas parou, a criança era pequena demais para não se assustar com a aparência de Lust, assim a menina voltou para o padre e disse com um sorriso triste.

- Eu preciso da Envy só um momento!

Assim aproximava o rosto do rosto da marionete, e por consequência do rosto do rapaz dando um beijo na bochecha da mesma onde um coração aparecia, com isso se afastava, enquanto ouvia Envy reclamar sem parar de ter sido tirada dos braços de seu novo amado, até que ela encontrasse outro mais bonito. Assim mexia em uma bolsinha que carregava e escrevia rapidamente em um papel com a mais bela caligrafia que podia 'Feliz aniversário pequeno, espero que esse presente encha seu coração de amor e alegria e que essa alegria transborde a todos ao seu redor' assim colocava o papel junto com o pedaço de bolo nas mãos da boneca e obrigava ela a ir mesmo que reclamando até onde a família estava, com isso lust sussurrava ao ouvido do padre

- Se ela apontar para ca você acena ok? nos encontramos na esquina ali da frente

Assim antes que o rapaz pudesse dizer algo a demônio se escondia atrás de uma pilha de lixo, para que ele levasse o mérito da boa ação, afinal se visse que o bolo vinha das mãos de alguém como Lust poderiam desconfiar, sem contar que era um presente do rapaz. Assim a boneca se aproximava da família e entregava o papel, por sorte a mãe dos garotos sabia ler e assim leu o bilhete para os pequenos com lagrimas de felicidade em seus olhos, com isso perguntou para Envy quem havia feito essa boa ação. A boneca em seguida apontava para o rapaz e com isso a mulher se levantava e caminhava até o padre e assim segurava na mão do rapaz, o que deixava Envy louca de ódio, com isso a mulher se abaixava e beijava a mão do homem a sua frente dizendo.

- Obrigada por isso padre, eu realmente não teria como lhe agradecer por tamanha bondade, existe alguma forma em que eu possa lhe recompensar? ah sim, tome esta moeda, não é muito mas é o dinheiro que tenho no momento... não me importo de pagar mais caso queira vir buscar mais dinheiro depois, só preciso conseguir mais...

Lust via a forma como o padre respondia a mulher e reagia, isso a fazia sorrir, assim continuou a controlar Envy colocando esta ao lado do rapaz por um momento, enquanto Lust passava por ambos caminhando como se não os conhecesse, indo em direção a esquina. Via a moça insistir mais uma vez em pagar ao padre ou dar-lhe algo em troca, mas ele recusava novamente, sem saber aquele nobre gesto do rapaz enchia seu coração de esperança sobre a humanidade, afinal com tantos humanos no mundo, não era possível não que não conseguisse encontrar alguém com bondade no coração como sua mãe tinha, e finalmente havia encontrado alguém... Assim quando o via caminhar fazia envy vir caminhando junto ao rapaz até a esquina onde a ouvia xingar Lust de tudo quanto era nome enquanto a mesma a ignorava e voltava o olhar para o padre dizendo

- Perdoe-me atrapalhar nossa ida novamente e entregar o bolo que você havia me dado, mas... ele precisava mais do que eu...



Fala Lust-Pensamentos Envy - Fala criança de rua - Fala mãe das crianças
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Ter Maio 08, 2018 2:17 am




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

 Praticamente os meus olhos se encheram de lagrima e realmente meu coração estava quebrantado... não tinha mais comover aquela demônio como um ser maligno. Minha voz estava rouca pela emoção proporcionada pelo gesto dela. Não obstante peguei minha bolsa de dinheiro e retirei a quantia de 1000 Jewels deixando uma quantia aproximada de 9000 Jewels e entreguei a mulher.

- Va e faça feliz a ti e aos teus da tua morada e sejam todos felizes neste dia de festa. Agora vá!

A mulher olhando para dentro da bolsa vendo a quantidade de dinheiro rompeu em prantos e seguiu a minha exortação. Depois me aproximei da demônio com a sua boneca nos braços e com um grande sorriso nos lábios e com o coração quebrantado prossegui.

-Realmente você não para de me surpreender. Espero que possamos agora seguir em direção ao restaurante, mas como percebi... você não se da bem na presença de pessoas então vou arranjar uma mesa para você do lado de fora.

Continuávamos a andar até o restaurante onde levei ela ate uma mesa, um pouco escondida onde havia duas cadeiras. Coloquei a sua boneca sentada com delicadeza e pedi para que ela esperasse ali. Cheguei até o garçon e perguntei o que havia de mais delicioso naquele local que custasse 1000 jewels e ele me mostrou que poderia servir um delicioso curry com carne assada e arroz acompanhado de quatro fatias de bolo diferentes. Realmente aquela era a ultima refeição da garota e mesmo com muito contragosto eu estava ainda determinado em tirar sua vida pois se ela realmente era boa daquela forma sua aparência ia a fazer sofrer. Paguei o valor que elevei imediatamente a comida para ela.

-Bom aqui esta a comida de vocês eu irei la pra dentro para poder comer o meu pois o garçon me deu uma mesa para um. Quando vocês terminarem eu voltarei.

Olhei para ela e sorri...

- Bom apetite minha pequena

Me afastei e escondido fiquei olhando ela se alimentar pois aquela seria a sua ultima refeição descente em que ela teria.




STATS
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Qui Maio 10, 2018 2:05 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


Lust não conseguia ver direito a ação do padre, mas ao ver a realção da moça sorriu, ele realmente tinha um coração bonito, provavelmente havia falado palavras doces para ela, no minimo. Assim ao encontrar com ambos sorriu com o rosto levemente corado ao ouvir as palavras do padre, mas logo desviou o olhar, com medo de levar uma bronca de Envy.

- Eu só peso o que faz a diferença na vida de alguem... eu posso sentir fome, mas o sorriso e a felicidade daquela familia, é algo que alimenta meu coração com felicidade. Eu sei que a Envy e talvez até você possam me achar meio besta, mas de todos os sentimentos humanos que eu aprendi, o amor e a compaixão são os que mais me encantam...

Após falar continuou o caminho ao lado do rapaz, se sentia cada vez mais feliz em te-lo ao seu lado, afinal ele não era um bebe chorão que ficava reclamando o tempo todo como Envy, que parecia quieta demais naquele momento, provavelmente deveria ter adormecido aos braços do rapaz, o que parecia um momento perfeito, para que esta pudesse o olhar com o canto dos olhos, reparando mais em como ele era e em suas vestes. Não se surpreendeu ao ver que Envy tinha bom gosto, mas não dizia apenas pela beleza exterior, podia notar os olhos dele levemente molhados e se ele foi capaz de se comover com a história daquela familia, ele realmente deveria ter um coração ainda mais bonito do que ele parecia ter. Assim ao chegar no local se sentou na mesa indicada e observou Envy que repousava o rosto sobre a mesa por conta de um vento mais forte, mas Lust insistia em acreditar na vida da boneca, assim achava que ela só estava cansada. Mas ainda sim era muito estranho ela não estar reclamando de alguma coisa, talvez o dia fosse cansativo demais para a boneca. Assim Lust observava de longe a felicidade daquela familia comemorando o aniversario do filho menor enquanto dividiam em três aquele pequeno pedaço de bolo, com isso a voz do rapaz roubava sua atenção e Lust voltava o olhar para ele de forma doce e com um sorriso timido nos lábios.

- Nossa, isso parece realmente delicioso, só acho uma pena você não poder se sentar consoco, iria ficar honrada com a sua companhia. Mas vá e se alimente, afinal o caminho para Oak Town é longo, e você precisa estar bem alimentado.

Assim se deixou olhar aos olhos do ex-padre, podia notar traços de tristesa, mas achava que podia ser saudade de algo ou alguma coisa, assim segurou a mão dele antes que ele se afastasse e ainda olhando nos olhos do rapaz disse de forma doce e com um enorme sorriso no rosto.

- Muito obrigada, você foi como um anjo que apareceu na vida da Envy e na minha, muito obrigada mesmo por isso.

Assim soltou suavimente a mão do rapaz deixando com que ela escorregasse pela pele das mãos da garota, podia sentir o calor dele mesmo com as luvas que ele usava, estava admirada com aquele humano, mas logo se virou tocando a boneca lentamente e tentando acorda-la, para finalmente começar a comer, claro que começou pelo curry, salgado, levemente apimentado, estava perfeito, com isso levou a colher aos labios de Envy sujando os mesmos com o Curry, como se desse a comida na boca da amiga, enquanto sorria

- Porque está tão silenciosa? está gostoso?

Assim a boneca apenas dizia - " Preferia estar aos braços do Shiro, aquele olhar, aqueles musculos, aquele cabelo, o calor daquele corpo, Lust você é realmente muito lenta, quando eu cansar do Shiro presta atenção, talvez você tenha alguma chance de um dia poder pegar em sua mão, HAHAHAHAHAHAHAH" - Mal sabia Envy que Lust já havia feito isso, pelo menos era o que passava na cabeça da garota que comia o Curry quase de forma desesperada, ja estava se sentindo tonta quando chegaram ao restaurante, já fazia quase dois dias que ela não comia direito, dava a maior parte da comida para a boneca e o resto ela dividia com as pessoas que pareciam com fome. Ao terminar de comer, olhava para os bolos, assim via que apenas havia um sobre a mesa e que o rosto de Envy estava completamente sujo de bolo. Não reclamada dela ter comido, ou escondido a maior parte estava feliz em ter um pedaço para si. Ao levar o bolo aos labios, lentamente e assim arregalava os olhos, o sabor do chocolate era perfeito, nem muito doce nem muito amargo, poderia dar um abraço a pessoa que o fez, afinal era tudo o que Lust esperava e até mais. Assim ao terminar de comer, olhava ao redor e apoava o cotovelo sobre a mesa, para em seguida apoiar seu rosto sobre a mão e com um sorriso bobo e um olhar esperançoso olhar para Envy e dizer

- Tem algo sujo ali! quer que eu limpe.



Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Qui Maio 10, 2018 10:47 pm




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

 Ao ver que  A menina tinha terminado de se alimentar me aproximei dela agindo como se tivesse acabado  de comer uma suculenta refeição.
-Ahhhh!!! Esta refeição estava ótima. Praticamente a melhor refeição que comi em dias... sempre quando venho aqui eu como este lugar.
Tentando esboçar um grande sorriso porem a minha fala foi seguido de um ronco incontrolável vindo de se estomago. Particularmente demonstrando que realmente não avia se alimentado.
-HAHAHAHA!!! Não eh incrível como o corpo humano emite sons estranhos?
Tentava disfarçar enquanto tentava apressara-la para levar para o lado de fora do centro de era. Praticamente ajudava a demônio a levantar pegando em sua mão e fazendo um sinal de cruz  em sua testa e após dando um beijo.
- Espero que você tenha se alimentado bem teremos que dar uma passada na floresta dos desejos esquecidos. Tenho que completar uma missão que o dono do restaurante me pediu. Vamos?
Colocava gentilmente a boneca na em seu colo e como via que a Lust tinha um carinho especial com a sua boneca resolvi fazer a mesma coisa na testa da boneca. Comecei a caminhar em silencio ate chegar à floresta enquanto estava me consumindo em arrependimento.


STATS
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Seg Maio 14, 2018 3:43 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


Limpava em seguida o rosto de Envy quando era surpreendida pela voz do rapaz, assim se virava para ele, com um enorme sorriso feliz, afinal não comia tão bem assim em dias, talvez até semanas, estava muito animada por ser bem tratada assim por um estranho, realmente o mundo poderia ter esperanças com pessoas daquele jeito

- Que bom que...

Parava de falar ao ouvir o estômago dele roncar e assim abaixava os olhos pensativa, se sentia culpada em ter comido tanto, afinal tinha comida suficiente para os tres ele não precisaria ter fingido ficar sem comer só para a comida a Lust e Envy. Assim suspirava pesado e erguia o rosto para dizer algo quando era surpreendida pela proximidade do rapaz, assim quando seu olhar tocava o rosto dele a menina ficava com as bochechas levemente coradas, assim quando sentia o toque da mão dele sentia o corpo se arrepiar, afinal aquela era a primeira vez que era tocada por um estranho do sexo oposto ao dela sem que fosse para hostiliza-la, o contato que veio a seguir fez com que Lust ficasse ainda mais vermelha, podia sentir o toque dos lábios do rapaz tocarem em sua testa dando um beijo, isso fazia com que a demônio fechasse os olhos, curtindo aquele momento que para ele parecia algo simples e rápido, mas para ela parecia durar mais tempo que o normal.

- Ca...Ca...Claro.... eu lhe a...acompanho e lhe ajudo!

Falava gaguejando um pouco e se levantava rapidamente quase derrubando o prato da mesa, assim ajeitava o mesmo e sorria de forma animada e tímida, mesmo que visse ele fazer a mesma movimentação na boneca, sabia que Envy iria reclamar, mas esta ainda dava a lust alguns momentos de paz para pode curtir aquele momento. Assim caminhava ao lado do rapaz lentamente tentando se aproximar um pouco mais dele, mas como ele não dizia nada, tornava o clima um tanto tenso para a demônio, que chegava a abrir e fechar os lábios algumas vezes conforme caminhava para tentar dizer algo, mas nada vinha em sua mente, ainda se sentia sem graça com o beijo na testa e suavemente levava a mão até o local da forma mais discreta que podia, assim ouvia a voz chata de Envy quebrando todo aquele momento  - " Nem pense em se engraçar com isso, ele só foi gentil com você, tanto que ele testou fazer isso primeiro em você e depois em mim, como eu tenho sorte, eu sei bem escolher um homem... esse além de gostoso me carrega nos braços dele com muito mais carinho que você, muito mais, ele se importa comigo... não vejo a hora de poder beija-lo e quem sabe podermos nos amar a luz da lua e do sol também... nos amar o tempo todo... isso vai ser..." - Nesse momento Lust sentia o sangue ferver e por um momento deixava sua voz um tanto mais alta dando um grito com a boneca

- ENVY CALA A BOCA! - Não sabia explicar mas Envy estava irritando com essa possessividade, era tão difícil encontrar pessoas legais, com que poderia contar, pessoas com quem pudesse ficar junto sem sentir medo de ser apunhalada pelas costas, e agora Envy parecia querer roubar toda a atenção daquele que era importante para ela e Lust não ia aceitar isso, não queria aceitar isso, mas, não podia fugir de quem ela era então tentou ameninar as coisas dizendo - Aproveite o silencio, escute seu som, escute o som da cidade, isso fará seu coração se lembrar deste lugar mesmo quando estiver longe e se um dia voltarmos a Era, poderemos reconhecer esse lugar em nossos corações, não apenas com nossa visão, então por favor vamos continuar em silencio até a Floresta eu lhe imploro! -

Envy por sua vez parecia virar o rosto para o colo do rapaz e encosta-lo em seu peito, mas na verdade isso acontecia apenas por conta de uma das movimentações que ele fazia ao andar, afinal a boneca estava mole aos braços daquele homem e assim caminhou fingindo tentar carimbar seu coração com aquela cidade, quando na verdade ainda procurava alguma forma de puxar assunto com o padre ao seu lado. Assim quando respirou fundo para finalmente dizer algo ouviu Envy dizer - "Chegamos!" - Após ouvir essas palavras vinda da boneca a menina virava o rosto de um lado para o outro ainda com os lábios entreabertos olhando para as arvores e dizia

- Em que podemos ajuda-lo para sua missão? precisa de algumas ervas? caçar algum animal? ou quem sabe buscar agua! podemos dividir as tarefas o que acha?



Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:05 am




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

Não obstante, me assustei ao ver pela primeira vez aquela jovem gritar com sua marionete… será que ela estava realmente mostrando que ela realmente era? Enfim isso me fortalecia ainda mais de concretizar. Apenas continuava a caminhar juntamente a ela aguardando chegarmos até a floresta quando finalmente chegamos. Estava para anoitecer quando entramos floresta adentro; a escuridão era densa, pios de corujas e o cricrilar dos grilos embalsamavam e regiam a noite como se algo poderia acontecer a qualquer momento. Andamos durante horas até chegarmos a uma clareira.

-Bom… vamos montar acampamento aqui. É um ótimo lugar e praticamente o que procuro não está muito longe

Enquanto colocava a boneca dela sentada ao pé de uma árvore, meu coração parecia que ia saltar pela boca. Um sentimento de dor e arrependimento tomava meu corpo e a única coisa que mantinha em meu pensamento era que seria uma maneira de aliviar o fardo dela. Decidi me afastar por um tempo para me encontrar antes de concretizar o que iria fazer

-Fique aqui… irei volto dentro de instantes.

El me chamou perguntando se poderia ajudar na missão, mas me mantive íntegro ao que eu deveria fazer lhe dei um caloroso abraço como se eu estivesse me despedindo.

-Vai ficar tudo bem minha pequena. Por favor, fique aqui e tente reunir alguns gravetos ou galhos para que possamos acender uma fogueira. Irei somente analisar o local para ver se realmente este é o lugar.

Acariciava seus cabelos como se eu afagasse a cabeça de uma criança carente de atenção e carinho. Após isso me afastei por alguns metros enquanto meus olhos vertiam lágrimas de pesar pelo que estava para acontecer. Quando eu estava bem longe do local pus meus joelhos ao solo e me curvei como se estivesse diante de um rei suplicando piedade.

-Por quê???... Qual a razão por este fardo está sobre mim?... Quais são teus planos para mim?... Devo eu sofrer por um ser demoníaco por ser um? Meus valores… tudo que eu fiz até hoje foi pelo bem de purificar esta terra e mostrar meu arrependimento por ter agraciado minha maldição. Eu não pedi tal poder… Sei que é um fardo que eu terei de carregar pelo resto de meus dias, mas… este está pesado demais… não entendo porque tenho que ser a mão ceifadora destes, mas compreendo que isso deve ser feito. Acredito que algum dia haverá um tempo em que os terrenos serão bons, suas vozes serão doces e suas palavras encorajadoras. O tempo em que o amor dos terrenos será cego... onde ninguém se importará com o que cada um é ou aparenta ser. Isso para mim parece tão distante que parece somente um sonho e neste sonho aguardo com esperança que a vida vai valer a pena ser vivida, pois o amor nunca irá morrer, pois eu sei que poderemos perdoar a tudo que aconteceu no passado. Infelizmente esses dias não são de hoje e a realidade é como um leão feroz rugindo como o trovão, despedaçando a esperança de todos transformando sonhos em vergonha; que poderemos viver todo um ao lado do outro sem distinção do que cada um é. Eu sonhei como minha vida seria tão diferente deste inferno que estou vivendo... tão diferente agora daquilo que parecia. Agora a vida estava mais uma vez matado o meu sonho porem espero que ele nasça novamente para que um dia eu consiga encontrar a paz. Que eu consiga por fim e concretizar o meu dever em teu nome

Meu corpo começava a tomar uma forma demoníaca coberta por pura escuridão

-... AMEM

Levantei-me de onde estava e me dirigi novamente ao acampamento com o único intuito de ceifar a vida dela. Chegando ao acampamento sai de trás de uma grande árvore e apontei o dedo na direção dela.

-Infelizmente garota este será o seu fim... Por favor, não reaja, pois tentarei ceifar a sua vida de uma maneira breve e indolor... Acredite fazer isso não será tão fácil para mim.




STATS


Última edição por Heishiro Nightroad em Sex Maio 18, 2018 12:58 am, editado 1 vez(es)
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:32 am

I wonder what the difference
is between love and lust...

Lust olhava para dentro daquela floresta, parecia curiosa e realmente estava, afinal tinham uma missão ali e estava anoitecendo, sabia que não era bom ficar ao ar livre, afinal por mais que confiasse em Envy e em Heishiro, ainda não confiava nos outros, sem contar que o barulho dos piados das corujas parecia se tornar mais macabro conforme a noite ia caindo, porém a voz do rapaz a chamava a atenção ao chegarem em uma clareira.

- Acampar aqui? Claro!

Falava olhando ao redor, pensando em como poderiam montar o acampamento no local, afinal havia sobrado poucas coisas na mala que a garota levava consigo, pois havia gastado todo seu dinheiro com as outras pessoas que havia encontrando no caminho principalmente e não repôs seus suprimentos, porém ainda tinha os materiais necessários de primeiro socorros, isso era realmente importante para a garota, afinal não só por ela, mas poderia ajudar a alguém caso precisasse. Assim ouvia passos e via o rapaz se afastar, rapidamente se aproximava dele e falava

- Heishiro? posso lhe ajudar, com a sua missão…


Assim sentiu ele abraça-la, isso a fez fechar os olhos e o abraçar de volta em um abraço apertado, suspeitava que o lugar era perigoso, mas nunca suspeitaria do que iria acontecer, assim se colocou na ponta dos pés para assim dar um beijinho na bochecha dele e ao se afastar o ouvia falar respondendo em seguida

- Pode deixar eu vou montar o acampamento e por favor… tome cuidado a floresta é um lugar perigoso, qualquer coisa grite que eu e a Envy lhe acharemos e lhe ajudaremos da forma que for preciso…

Assim acenava de forma tímida para ele enquanto ele se afastava e se virava de costas olhando a clareira novamente e caminhando alegre ao redor dela colhendo todas as madeiras necessárias para a fogueira e para mantê-la, assim se sentou no chão levando o indicador ao lábio pensando em como faria fogo, um suspiro fora lançado e do movimento de suas mãos sem que lust percebesse dava vida a Envy novamente, que logo falava ainda na mente da garota de uma forma irritada mas chorosa, se levantando e caminhando pelo local - “ Você é mesmo uma estúpida, o que eu fiz para você fazer...fazer isso comigo? você gritou comigo e me envergonhou na frente do Heishiro… agora ele te abraçou e foi embora, me deixou aqui, e eu fiquei sozinha por culpa sua… você acha que ele realmente vai voltar? ele nunca vai voltar… você espantou ele… você espantou ele… você é… é uma….” - Envy não falava nada mais apenas pegava as pederneiras que achava no chão e jogava no colo de Lust falando com um certo ar de depressão - “ Não quero morrer de frio… seja útil uma vez….” - Com isso a boneca voltava para o lugar onde havia sido deixada e perdia novamente a vida sentada, porém de costas para Lust, que respirava fundo e olhava para o horizonte, na direção onde o rapaz havia ido e dava um leve sorriso, sentia em seu coração que uma pessoa boa como ele iria voltar, ele não tinha o porquê de não voltar, afinal, eles eram amigos não eram?

Lust assim pegou a pederneira e começou a arranhar as pedras já arranhadas, provavelmente alguém acampou naquele lugar e por sorte havia esquecido a pedra. Ao terminar Lust se levantava para procurar folhas grandes que haviam caído das árvores para poder amarrá-las e proteger os 3 dos ventos frios que corriam pela floresta, porém quando começava a caminhar via uma bela criatura, bom pelo menos aos olhos de lust conseguia ver beleza naquele ser esquelético, ele tinha chifres enormes, um manto escuro com detalhes em dourado, chegava a deixar as bochechas de lust levemente coradas, mas antes que ela pudesse falar algo ouvia o que o rapaz falava e arregalava os olhos colocando um dos pés para trás como se fosse tentar fugir a qualquer momento

- Como é que é? Ceifar minha vida? Mas… por que isso?




Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:36 am




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

Era este o inicio do término… praticamente eu queria fazer aquilo de maneira rápida e indolor embora ela parecesse não se assustar muito com o que lhe aparecia na frente dela continuei a andar em sua direção passo após passo e mesmo sabendo que ela poderia me atacar eu preferi me aproximar aos poucos para tentar estrangulá-la, pois não queria que seu corpo fosse danificado para que eu pudesse prestar minhas condolências e ela ser enterrada digna como uma pessoa bondosa. 

-Não faça com que isso seja doloroso… acredite, isso irá doer mais em mim do que em você…

A medida em que eu avançava um passo ela recuava até se ver encurralada em uma grande árvore; era chegado o clímax. Meus olhos se enchiam de lágrimas porém mantinha meu foco… meu coração se rasgava em lâminas mas mantinha minha mente determinada a fazer o que eu achava correto… livrar o mundo de demônios.

-Quais são suas ultimas palavras? 



STATS


Última edição por Heishiro Nightroad em Sex Maio 18, 2018 12:58 am, editado 1 vez(es)
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:38 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


No começo achou que era alguém brincando com ela, porem a cada passo podia sentir a tensão na presença daquele que se aproximava, ele não parecia brincar, porém não podia correr simplesmente, afinal se assustasse ele ela realmente poderia se machucar ainda mais e não conseguir conversar, assim dizia

- Por...porque quer fazer isso, eu não lhe conheço… porque me trata como tantos outros e apenas me julga por minha aparência? Eu não quero machucar ninguém… eu não vou machucar ninguém….

Assim quando sentia as costas tocarem na árvore a menina sentia um calafrio percorrer por seu corpo, assim falava baixinho - Envy... - e assim movia os dedos para tomar o controle da boneca, mas antes que sua magia tocasse Envy, Lust a ouvia falar - “ Você se meteu nessa sozinha, eu já estou quebrada o suficiente, parece até que você não se importa comigo, vamos você sabe fazer mais do que implorar pela minha ajuda, só me deixe aqui me perder nos meus pensamentos, sentindo a dor daquele que você me fez perder com o seu jeitinho insuportável. Desta vez… não vou ser eu a salvá-la Lust Yakthothnafh” - Com isso inconscientemente a demônio cancelava a magia, Envy não queria ajuda-la não estaria ali para ela no momento em que Lust mais precisava, com isso olhava desesperada ao redor, tinha a respiração curta, estava assustada com aquele se aproximando e parecendo realmente que iria matá-la, assim tentou calcular o tempo em que o rapaz iria chegar para tentar se desviar da mão dele, isso era realmente arriscado mas era a única saída que via sem machucá-lo. Assim o ouvia novamente e falava baixinho começando a gritar em seguida.

- Porque quer fazer isso? Não existe um porque de minha vida terminar aqui e agora, ainda preciso ajudar as pessoas a encontrar a felicidade e aprenderem a compaixão… por isso vou tentar me manter viva e pedir por ajuda.... porque eu tenho certeza que se ele ouvir ele virá me socorrer…HEISHIRO… SOCORRO… ME AJUDA…. HEISHIRO… VOCÊ ESTÁ POR PERTO, EU PRECISO DE AJUDA!!!!

Assim a menina movia as mãos para os lados e linhas mágicas cor de rosa saiam das pontas de seus dedos chegando rapidamente a pedras que existiam no local, para assim puxá-las, claramente não mirava no rapaz e sim as colocavam pelo caminho para dificultar a aproximação do mesmo enquanto voltava a falar.

- Eu não me permito te machucar sem um bom motivo e as pessoas não tem o porque de atacar umas às outras sem um motivo, da mesma forma que eu tenho chifres, você também, da mesma forma que você tem um coração eu também tenho… eu só quero poder mostrar aos humanos se… uma demônio como eu aprendeu o que é amor, caridade, compaixão e perdão, como eu aprendi com a minha mãe humana, os humanos podem aprender e executar isso novamente… Eles só precisam descobrir que é possível… e eu ainda preciso salvá-la…

Terminava a frase pensando em sua mãe e seus olhos se enchiam de lágrimas, ainda não havia conseguido a cura para a doença que a mulher havia contraído já em sua velhice, com isso o rapaz podia ver falhas na concentração da garota, as pedras estremeciam e algumas pareciam ir para lugares aleatórios por mais que ela se concentrasse.



Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:43 am




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

Preferiria estar sendo açoitado durante sete dias e sete noites do que fazer o que eu estava prestes a fazer… as palavras dela partiam meu coração como se cravasse uma estaca em meu peito. eu realmente não sabia que ela conviva com humanos… nem sabia que ela tinha uma mãe adotiva humana que estava doente.
 
-Infelizmente o mundo deve se ver livre de seres como eu e você… meu destino é por fim a cada demônio existente pelo menos em Fiore… Você minha jovem praticamente está no caminho para esta utopia. Humanos não podem viver com demônios, pois é da alma demoníaca fazer e espalhar o mal… irei retirar este mal de você e integrar ele ao meu corpo; absorverá a sua alma para que possa ter seus pecados redimidos e assim eu puder auxiliar o mundo contra estes demônios. Pode ficar tranquila que irei procurar a sua “mãe” e tentarei a fazer ser curada como se fosse seu ultimo pedido…
 
As lágrimas escorriam de meu rosto como se nem eu mesmo acreditasse nas minhas próprias palavras
 
-Por favor, minha pequena se entregue de uma vez, para que assim este martírio cesse e eu possa carregar este fardo pelo resto de minha vida.
 
Eu passava em meio às pedras e colocava a mão no pescoço da jovem porém ainda não apertava para sufocá-la… eu não tinha forças…




STATS
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:46 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


Lust continuava a desviar e atrapalhar a aproximação dele mas nunca a atacar, por alguns momentos seu olhar se desviava daquele que se aproximava e olhava para Envy que parecia aos olhos de Lust estupidamente chateada, não sabia o que fazer, não sabia a quem pedir socorro provavelmente o padre estava longe demais para ouvir os gritos que Lust havia dado chamando pelo nome do rapaz, assim a menina respirou fundo tentando se concentrar, porém a fala dele a deixava ainda mais nervosa, afinal aquela descrição de magia, não queria acreditar na verdade, afinal é magia qualquer um pode ter certo?

Isso fazia com que a garota se desconcentra-se ainda mais, as pedras tremiam ao ar e pareciam agora não ter mais rumo, chegavam a acertar o rapaz sem muita força da mesma forma que acertavam Lust, e Envy não ajudava em nada, apenas piorava as coisas dizendo - “Sério? sério que aquele Homem virou esse saco de ossos só para te matar? realmente Lust você não para de me surpreender, eu deveria ter me livrado de você antes, afinal você é atrair pessoas estranhas!” - Com isso a menina percebendo que não teria muita escolha sem ser ou atacá-lo ou se deixar morrer dizia de forma mais apática e com os olhos ainda mais molhados em lágrimas..

- Ela mora em Oak Town, não será difícil encontrá-la e… se possível leve Envy com você até ela…

Já tinha percebido que aquele era seu fim, mas ao ouvir o resto das palavras que o rapaz dizia, Lust sentia uma forte dor no coração, afinal não era possível que aquele rapaz tivesse a iludido por todo esse momento, por mais que quisesse não conseguia acreditar nisso, queria muito se iludir e não acreditar, mas… quem mais a chamaria de “minha pequena”?. Assim quando ele tocou seu pescoço as cordas que controlavam as pedras desapareciam, a garota voltava a olhar para o rapaz, mas dessa vez na profunda escuridão de onde os olhos dele deveriam estar, com isso ela respirava fundo e sorria levando a mão dela sobre a dele da forma mais leve e suave possível, como se fosse uma carícia, para em seguida dizer

- Agora eu vejo... que você me enganou para tomar o meu poder... mas o que você me mostrou de ti não era apenas encenação... eu vejo bondade no seu coração... e não compreendo exatamente seus motivos mas... se para você espalhar esse bem você precisa da minha alma e do meu poder... pegue-o e espalhe a felicidade e o amor que só o coração humano é capaz de sentir de forma tão pura....

Assim Lust deixava o peso de seu corpo recostar completamente sobre a árvore, esticava o pescoço para que fosse mais fácil para ele matá-la, assim em seguida Lust dava uma última olhada para o rapaz, de forma doce e um último sorriso antes de fechar os olhos parecendo em paz com sua escolha, mas percebia que ele não apertava seu pescoço e que chorava da mesma forma que ela, assim dizia bem baixinho para que só ele pudesse ouvir - Só por favor, ainda quero acreditar que vai ajudar minha mãe, assim eu realmente não vou ter perdido a vida em vão… então… me deixe… ajudá-lo… - Falava assim tentando ser a força que o rapaz parecia não ter naquele momento, pressionava os dedos sobre os dele agora com mais força o fazendo apertar cada vez mais forte seu pescoço, parecendo feliz com aquele ser o seu fim.


Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:48 am




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

Pestava consumado… começava a apertar fortemente seu pescoço e a erguê-la do chão quando ouvi sua doce voz falando onde estava a sua suposta mãe e logo depois sua doce mão tocava a minha . subitamente me veio a lembrança de minha mãe desta vez via claramente a imagem dela abraçado com alguém… não podia acreditar … ela estava abraçada comigo… mas eu também me via pequeno ao lado abraçando os dois… eu realmente não entendia o que estava acontecendo. Logo após os dois se desintegravam em pétalas de flores e o meu eu criança ficava ali sozinho. Ele chorava até ver uma outra menina chorando… era… era ela esta menina ao qual estava estrangulando. ambos se davam as mãos e corriam em direção a um campo florido… estranhamente o mesmo campo ao qual sonho onde é o meu paraíso. 
 Voltando a mim via a menina já quase desfalecida em minha mão… um sorriso estampado de que parecia estar fazendo uma boa ação… não aguentei. Coloquei a Demônio no chão e soltando seu pescoço a abracei em prantos.


-Me perdoe… por favor me perdoe… não queria que fosse desse jeito… por favor fique comigo… preciso que você viva… nunca poderei sobreviver sabendo que tirei a vida de um ser tão bondoso como vc…


eu enquanto profira palavras me debulhando em lágrimas ao ver o corpo dela desorientado pelo estrangulamento eu voltava a minha forma normal.


-Não quero que você morra… por favor fique comigo… não morra… preciso que você me ensine a ver o mundo como você vê… 




STATS


Última edição por Heishiro Nightroad em Sex Maio 18, 2018 1:11 am, editado 1 vez(es)
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:50 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


Se mantinha firme ao mesmo tempo que sorridente, sentindo o ar fugir cada vez mais de seus pulmões, até que em um determinado momento a garota abria os olhos, levemente avermelhados e movia as mãos como extinto de sobrevivência, porém como estava com a ideia fixa que sua morte era o que aquele rapaz precisava, por mais que movesse as mãos, ainda dava um jeito de manter ele apertando seu pescoço, até que ele podia ver os olhos da garota se revirarem e Lust perdia completamente a consciência, caindo como se fosse feita do mesmo material de Envy… e completamente inanimada.

[...]

A Luz do sol que passava pelo meio de duas folhas bem verdinhas incomodavam os olhos da garota mesmo que fechados, assim ela tentava se mover sentindo algo quentinho ao seu redor, um sorriso se desenhava ao redor dos lábios da garota enquanto ainda de olhos fechados a garota pensava “Então é assim que é o paraíso? aconchegante…” virava-se lentamente para o lado que era macio e quentinho, a fazendo lembrar de quando sua mãe a abraçava, respirava fundo sentindo um perfume delicioso que a fazia ficar coradinha, aquele perfume parecia um perfume familiar, mas porque não conseguia se lembrar de onde conhecia aquele cheiro? Bom deveria ser coisa do paraíso, assim abria lentamente os olhos dando de cara com um tecido escuro, com isso reparava melhor no que sentia, podia ouvir o som de um coração batendo calmo e a respiração compassada de alguém que parecia adormecido. Assim moveu o rosto olhando para quem a abraçava e para sua surpresa pode ver o rosto adormecido de Heishiro, parecia exausto e tinha cara de choro, isso fazia Lust olhar para o rosto do rapaz retirando seus óculos com cuidado para não acordá-lo, dobrando suavemente as hastes e o colocando preso em seu vestido enquanto dizia confusa

- Porque você está no meu paraíso? você deveria estar vivo, não?

Ao terminar de falar a menina curiosa olhava ao redor, vendo a clareira, Envy sentada onde estava enquanto tudo acontecia, assim Lust levava bem lentamente parecendo usar toda a sua força a mão até seu pescoço, afinal aquilo que havia acontecido não poderia ser um pesadelo. Ao sentir o ardor em seu pescoço a menina apenas confirmava que não era um sonho e que nem estava no paraíso, mas não entendia o porquê do sol ter nascido e ela ainda poder respirar, o que havia acontecido? porque aquele homem havia desistido tão perto de atingir seu objetivo? mas no fundo será que isso realmente importava? a garota assim ainda se sentindo um tanto tonta se aninhava aos braços daquele homem que estava sentado ao chão, sem fugir daquele abraço gostoso e assim se deixava adormecer e finalmente descansar um pouco tentando recuperar as forças para poder ajuda-lo caso ele precisasse quando este acordasse.



Fala Lust-Pensamentos Envy
[/color]
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:56 am




Palavras: xxx
Tags: —



O caminho da redenção:  Inicio de um banquete

o dia chegava e quando acordei percebi que havia adormecido com ela em meus braços… será que ela havia morrido? Ao bocejar e tentar tirar os óculos do rosto para esfregar os olhos notei que meus óculos não estavam em meu rosto, logo pensei que haviam caído, quando percebi que os mesmos estavam preso em suas vestes o mesmo reluzia sobre sua pele clara e seu vestido branco. Encabulado e aliviado levantava lentamente para poder não acorda-la. minha vontade era de desaparecer dali pois minha vergonha por ter atacado um ser como aquele era o que mais me dava remorso. Caminhando para fora da clareira e quase indo embora sem me despedir vi que haviam algumas maçãs ali por perto. Juntei algumas e enquanto comia uma levei o restante para ela, colocando as maçãs ao lado dela tentei me redimir pelo que ocorrera.

-Vamos minha pequena… acorde!

Quando ela abriu os olhos continuei a dizer

-Você precisa se alimentar porque  vamos voltar para Era. Quero me redimir do que fiz a você e gostaria de lhe ajudar a seguir na sua jornada pelo mundo… pois eu tenho certeza que o meu paraíso só será completo se você estiver nele com um grande sorriso. Você deve viver para que nós possamos fazer deste mundo um lugar melhor.

Eu estendia a mão para ela poder se sentar e poder comer...



STATS


Última edição por Heishiro Nightroad em Sex Maio 18, 2018 1:11 am, editado 1 vez(es)
Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 12:57 am

I wonder what the difference
is between love and lust...


Seu sono estava tão pesado que a menina não acordava com a movimentação do rapaz ao se afastar, mas parecia após algum tempo fechar os olhos com mais força, parecia ter um pesadelo, conforme o rapaz se afastava, talvez seu inconsciente o queria por ali e seu corpo reagia ao perceber que ele se afastava dando a ela sonhos terríveis nos quais ela provavelmente não se lembraria na hora que acordasse.

Aos poucos a voz daquele homem invadiu de forma suave os ouvidos de Lust a fazendo despertar lentamente. Com as mãos abaixo do rosto, para este não tocar a grama, seus olhos se abriam de forma suave, assim ao ver o rapaz ali ao seu lado o olhar da demonio se tomava tímido e suas bochechas coraram levemente. Porém conforme a menina ia ouvindo o que o rapaz tinha a dizer, seu olhar se tornava cada vez mais tímido e suas bochechas avermelhadas, não sabia exatamente como reagir a aquelas palavras, mas não deixava de dar um enorme e doce sorriso segurando na mão do rapaz para assim se sentar, seu olhar se mantinha fixo no rosto do rapaz, era realmente difícil de se saber o que se passava na cabeça da jovem demônio, pois em seu olhar não se via nem traços de desconfiança, muito pelo contrário, era possível ver admiração e gratidão por aquele que poupava sua vida de forma tão “humana”, o que apenas reforçava a admiração de Lust pelos humanos. Com isso a menina esticou a mão pegando uma das maçãs e assim dividia a fruta em dois, entregando metade para o rapaz, mesmo que ele recusasse ela insistiria até ele aceitar. Aos poucos ia comendo aquela meia maçã, sentindo um pouco de dor ao engolir, mas ao invés de se sentir brava ou chateada se sentia feliz e grata por poder sentir aquele sabor novamente. Assim criou coragem e respirou fundo falando com a voz um tanto rouca.

- Voltar? não sei se ainda temos coisas para fazer em Era… Mas se você acha que este é o caminho, eu ficaria honrada em poder acompanhar o Homem que teve o poder de me tirar a vida, mas me agraciou com seu perdão e compaixão. - Assim se curvava um pouco para a frente levando a destra ao rosto dele o segurando suavemente e se aproximando, assim depositava um beijo na bochecha dele e falava baixinho enquanto se afastava - Eu sabia que não estava errada em acreditar que você era um anjo da guarda para mim e para a Envy, obrigada por isso!

Após terminar de comer aquela meia maçã e se movia colocando a mão no tronco da árvore para se levantar, afinal ainda não se sentia muito forte, mas ao mesmo tempo não conseguia comer mais, era dolorido. Suas pernas ainda não estavam tão firmes, sentia elas estremecerem mas ainda sim conseguia se apoiar na árvore ao seu lado, assim com um enorme sorriso olhava para o rapaz e sorria dizendo baixinho.

- De volta para Era… Vamos?


Assim o rapaz se aproximou da garota ajudando ela a se firmar de pé, assim a garota sorria e caminhava para pegar sua boneca, mas o rapaz logo tomava a iniciativa e pegava Envy em seus braços, para assim tomarem o rumo para sua nova jornada que acabava de se iniciar.




Fala Lust-Pensamentos Envy
Lust Yakthothnafh
avatar
Mensagens : 46


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
210/210  (210/210)
MP:
190/190  (190/190)
Lust Yakthothnafh

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado em Sex Maio 18, 2018 1:05 am

Heishiro Nightroad
avatar
Mensagens : 63


Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
HP:
225/225  (225/225)
MP:
175/175  (175/175)
Heishiro Nightroad

Voltar ao Topo Ir em baixo

Postado

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissoes deste sub-fórum
Você não pode responder aos tópicos neste fórum