Últimos assuntos
» Reabertura do fórum e novas diretrizes.
Ter Jul 04, 2017 5:39 pm por Eternyun

» [Missao Rank D] - Ace (construçao)
Sex Jun 30, 2017 5:41 pm por Ace Kurama

» [Missão - Rank D] Segurança por um dia
Sab Abr 01, 2017 6:01 pm por Edmund von Smith

» Várias coisas staff
Seg Mar 27, 2017 11:32 pm por Eternyun

» {Pedido] Narrador
Seg Mar 27, 2017 1:49 pm por Eternyun

» [Criações] Wildflower Shrine
Seg Mar 27, 2017 1:03 pm por Eternyun

» Criações Fang - War of Change
Seg Mar 27, 2017 1:02 pm por Eternyun

» [Missão Rank D] O primeiro Guerreiro
Seg Mar 27, 2017 2:32 am por xico_colaco

» [Aventura] Kodama Kobayashi
Sab Mar 25, 2017 4:42 pm por Fang Krieger

STAFF
Eternyun
ADM Fundador
Contate-me
KILLUA
ADM Auxiliar
Contate-me
FANG KRIEGER
ADM Auxiliar
Contate-me
ANGRA MAINYU
Narrador
Contate-me
DESCONHECIDO
Nenhum
Contate-me
DESCONHECIDO
Nenhum
Contate-me
Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 18 em Seg Fev 27, 2017 7:06 pm
Parceiros
Parceiros

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


[Viagem] Braveheart Spirit - Tera

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Viagem] Braveheart Spirit - Tera

Mensagem por Mononoke Tera em Ter Fev 21, 2017 7:22 pm








Os caninos rochosos de há milénios atrás sustentavam as suas lágrimas rígidas, o seu choro lento, ao longo dos tempos, ornamentava a outrora esbelta paisagem agora destruída por casebres e barracos. As montanhas tristes, mas teimosas não abandonariam a sua posição, não se curvariam perante ninguém, permaneceriam inquebrável e vão continuar a sê-lo. Com carícias gentis sobre a grama, sente o chamar, os gritos insistentes que lhe eram sussurrados apenas a ela pelo vento, um segredar macabro para todos excepto para aquela que tocava a relva ainda húmida pelo orvalho da manhã. Sente o novo aroma que impregnava os seus magros dedos, mesmo escondendo o nariz curioso atrás da máscara misteriosa, e sabe, é por ali, as almas penadas que dançam confusas num plano de existência que não lhes pertence precisam dela, por isso, com um erguer dramático, deixando que os longos cabelos banhados em prata do lobo gigante, decide avançar após uma inquietante pausa, congelara, será que pensava? Será que ponderava? Será que ela entende o que os outros entendem? Será que fala?

Mão ante pé, pé diante mãos, ombros arqueados e um ritmo veloz, os saltos subtis sobre o caminho verdejante não reagiam nem com um simples ruído, corria, avançava e dançava por entre as rochas que surpreendiam o seu paradeiro até que ocupam todo o caminho... A calçada dos homens, inútil para os seus olhos e muito mais desprezível para os seus pés, contudo, para, observa a postura erecta dos demais a uma distância segura, na sombra, eles provavelmente a temeriam se a vissem, correriam para os seus lares e encerravam as janelas e os corações ao mundo. Porém, o que mais cativa a garota é a corrida, eles correm de forma peculiar, certamente não corriam como os lobos...
Eles correm sobre as duas pernas.


[/quote]
avatar
Mononoke Tera
Rank D
Rank D

Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/02/2017

Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
MP:
60/60  (60/60)
HP:
50/50  (50/50)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Viagem] Braveheart Spirit - Tera

Mensagem por Fang Krieger em Qui Fev 23, 2017 6:27 pm

Narração
Uma jovem um tanto estranha, pelo menos para os padrões considerados como normais, assistia escondida nas sombras as pessoas de uma pequena cidade situada em meio as montanhas. Aos olhos da jovem as pessoas daquela cidade que eram os verdadeiros anormais, até mesmo por correrem ao menor contato visual. O local onde Tera parou para observar a cidade a qual tanto despreza era perfeito para isso, mas não era tão seguro assim, na verdade, em meio a sua distração, a jovem não escutou a terra abaixo de suas mãos e pés se romper e quando se deu conta era tarde, a garota estava a descer junto do deslizamento.

Obs: To te dando um pequeno espaço para tentar evitar se estabacar -q

Obs²: qualquer coisa, me avisa por mp ou pelo chat, por que acho que interpretei seu post meio errado x.x

Obs³: Você foi adicionada aos andarilhos, continue se quiser. :v


◦◦◦
avatar
Fang Krieger
Rank D
Rank D

Mensagens : 113
Data de inscrição : 02/02/2017
Idade : 18

Ficha de magos
XP:
50/100  (50/100)
MP:
280/280  (280/280)
HP:
155/155  (155/155)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Viagem] Braveheart Spirit - Tera

Mensagem por Mononoke Tera em Seg Mar 20, 2017 7:58 pm


-- Humanidade na Floresta --

A desistência súbita da terra que sustentava a misteriosa garota apenas poderia sugerir um mau presságio, o azar, o infortúnio que lhe batia à porta. A garota nunca entrara em contacto com "outros humanos", sim, ela não é humana, não é um lobo, é algo mais e, no entanto, algo muito mais simples e antigo. A sua essência puramente espiritual apenas existia devido ao contacto com a natureza, contudo, o que o grande espírito reservaria à garota? De que forma a sua prematura ligação com o mundo humano iria alterar o seu espírito? Será que reencarnaria num ser diferente?

As rochas deslizavam afrontadas, corriam amedrontadas estupidamente para o único local que lhes poderia significar e impingir perigo, deslizavam rumo à pequena civilização ainda à frente. Selvagens permaneciam, contudo, a reflexão suprema sobre o espírito de Mononoke Tera constatou-se, esta percebeu. Estendeu os braços, deixou o corpo cair para trás, sobre as rochas, decidira esperar pelo grande espírito, pelo que este lhe reservava, aliás, era esta a única entidade toda-poderosa existente no plano de existência da peculiar garota. Pedregulho a calhau, de pensamento a verdade, de natureza a humanidade, Tera fora devastada sobre a calçada dos homens pela própria natureza, o grande espírito empurrá-la sobre os homens, inicialmente, sentiu raiva - o que é raro - deixou que o sangue quente se apressasse pelas artérias salientes das suas mãos esculpidas pela vida rupestre, mas depois, percebeu. A razão. O motivo. O seu verdadeiro propósito. O grande espírito não quer abandoná-la, quer mantê-la como fez com a sua mãe. A deusa dos lobos de prata foi levada pelo espírito ao contrário do seu legado, deixado aos seus descendentes de sangue, aos irmãos de Tera. Já a garota, fora enviada para os homens, o seu dever era, agora, ser a mesma força incontrolável, a mesma personificação da natureza outrora, porém, desta vez, para a própria humanidade, o messias, a fusão de todos os humanos numa única entidade, o contraste do grande espírito. Este representava a Natureza, Tera, a Humanidade.

Os pelos de prata da grande cabeleira da deusa pareciam ter vida própria, mexiam-se como tentáculos, cresciam de forma incontrolável acabando por cobrir todo o corpo sem vida da garota, era a sua vez de reencarnar, de adaptar a sua origem de espírito ancestral para o novo mundo, a nova potência. As vestes assim como todos os ornamentos que não pertenciam ao corpo da garota caíam sobre o solo, tomavam um verdejante pasto como casaco, transformavam-se em plantas, um fenómeno bizarro enquanto o ser físico da garota sofria uma transformação definitivamente orquestrada pela própria música do grande espírito, este concedera-lhe o propósito de ser o seu lado oposto, o preto para o seu branco, o branco para o seu preto, Os cabelos alongavam e tomavam a cor do sol, em vez de sujeitos ao vento, entrelaçavam-se com os ornamentos mais distintos entre os humanos, a sua carne fria e morta tomava tons quentes como antes, mas toda a sua estrutura se alterou, era alta, formosa ao olhar do Homem, enquanto que, este novo corpo ostentava luxuosas peças, vestes dos mais raros tecidos, todos os bens materiais que enchiam o coração do Homem de vaidade. Por fim, voltava à vida, com todas as suas memórias, toda a sua sabedoria conseguida ao longo do seu caminho no plano da vida, contudo com uns novos olhos, um novo coração, uma nova história, um novo nome,

Da mais estranha e suspeita confusão erguia-se, erecta e com a maior elegância a nova representante dos humanos, um novo "grande espírito", o seu requinte -digo... o  meu requinte é deveras pomposo, incomparável com o resto desta escumalha que me rodeia, pessoas, animais, plantas, nenhum merece a minha presença divina, todos eles deverão aprender a lição da sua maldade e quem melhor para os castigar se não eu, a personificação de todos vós?! Eu que tenho todos os vossos defeitos, todas as vossas qualidades, sou o resultado da vossa ambição, da vossa vaidade, crueldade, mas também bondade, carinho e generosidade. Sou a vossa nova Deusa, mas para o castigo divino não poderei mostrar-vos as qualidades, não poderei mostrar-vos amor, ajoelhem-se perante mim...

- Beatrice.

Considerações:
- Resumindo, isto trata-se de um mero "desenvolver de personagem", devido à raça e à história de Tera, esta antes era a personificação espiritual da floresta, contudo, como nunca haveria entrado em contacto com a humanidade, tornou-se na personificação desta também. Sendo assim, estas alterações são puramente narrativas, sem nenhum valor ou vantagem, logo, apenas o nome, aparência e personalidade de Tera se alteram devido a esta nova "forma" ou novo "espírito" que se torna possível devido à sua raça puramente espiritual como Beastial.
Esta alteração é uma adição, ou seja, se possível, gostaria que a personagem, dependendo da situação, pudesse alternar entre estas duas formas como característica da sua raça de Beastial espiritual. Se não for possível, por favor corrijam-me de imediato! ^^
Volto a enfatizar que isto é puramente narrativo. Obrigada xP
avatar
Mononoke Tera
Rank D
Rank D

Mensagens : 10
Data de inscrição : 04/02/2017

Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
MP:
60/60  (60/60)
HP:
50/50  (50/50)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Viagem] Braveheart Spirit - Tera

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum