Últimos assuntos
» Reabertura do fórum e novas diretrizes.
Ter Jul 04, 2017 5:39 pm por Eternyun

» [Missao Rank D] - Ace (construçao)
Sex Jun 30, 2017 5:41 pm por Ace Kurama

» [Missão - Rank D] Segurança por um dia
Sab Abr 01, 2017 6:01 pm por Edmund von Smith

» Várias coisas staff
Seg Mar 27, 2017 11:32 pm por Eternyun

» {Pedido] Narrador
Seg Mar 27, 2017 1:49 pm por Eternyun

» [Criações] Wildflower Shrine
Seg Mar 27, 2017 1:03 pm por Eternyun

» Criações Fang - War of Change
Seg Mar 27, 2017 1:02 pm por Eternyun

» [Missão Rank D] O primeiro Guerreiro
Seg Mar 27, 2017 2:32 am por xico_colaco

» [Aventura] Kodama Kobayashi
Sab Mar 25, 2017 4:42 pm por Fang Krieger

STAFF
Eternyun
ADM Fundador
Contate-me
KILLUA
ADM Auxiliar
Contate-me
FANG KRIEGER
ADM Auxiliar
Contate-me
ANGRA MAINYU
Narrador
Contate-me
DESCONHECIDO
Nenhum
Contate-me
DESCONHECIDO
Nenhum
Contate-me
Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 18 em Seg Fev 27, 2017 7:06 pm
Parceiros
Parceiros

:: Topsites Zonkos - [Zks] ::


[Ficha - Joanne]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Ficha - Joanne]

Mensagem por Joanne Bernkastel em Ter Jan 31, 2017 4:49 pm




Dados pessoais:

Nome: Joanne Bernkastel
Idade: 17
Raça: Machina
Sexo: Feminino
Altura: 1,74m
Peso: 51kg
Personalidade: Joanne é uma jovem garota, veste uma confiança inquebrável como uma armadura impenetrável para o seu coração. É, por natureza, impaciente em demasia e possui um temperamento... "único", pode ser o monge mais paciente de todos os tempos para umas coisas e, de repente, torna-se numa bomba relógio com uns míseros três segundos antes que possa explodir e levar todos que vê consigo. Isto acontece, especialmente, quando discordam com ela, fica irritada até dizer chega, contudo, é bastante manipuladora e cínica. Possui atitudes sádicas e extremamente cruéis - provavelmente devido ao seu passado de transtornos - mas isso não a impede de causar caos e destruição por onde a sua má fortuna a leva. É usualmente azarada e é muito supersticiosa, nunca a verão passar por debaixo de um escadote, porém as suas crenças são únicas, visto que pode acreditar em coisas bobas e desacreditar, por completo, superstições comuns. Um exemplo disso é o seu barrete, a história normal é de que as patas do coelho dão sorte, mesmo assim, na sua mente retorcida, Joanne acredita firmemente - ao ponto de se zangar com quem disser o contrário - que a verdadeira fonte de boa sorte são as "orelhas fofas". Para mais informações... é melhor consultarem a própria...
Aparência: Evidentemente não devem conhecer a minha incrível pessoa para fazerem uma questão destas, a minha aparência... Humph! Sou apenas a garota mais bonita de todo sempre! É um facto.  .  . Como assim ainda não sabem quem eu sou?! Tenho cabelo rosa, assim como os meus encantadores e grandes olhos, pele clara, deixa eu ver que mais. Ah! Uso sempre um pequeno gorro com longas orelhas de coelho, ahn, nada? Mais vale deixar aqui uma foto! Seus ignorantes! (Ah e sim, estas lindas meias negras escondem um segredinho, hihi! Umas lindas pernas de porcelana cheeeias de gravuras bonitas, mas não contem para ninguém!)

Aparência:

Dados do personagem:

História:

"A Casa Para Crianças Peculiares Da Sr.ª Virgilia" eram as palavras que a minha querida professora sempre dizia quando perguntavam qual era o nosso lar, nós, as suas crianças. Não se deixem enganar! Posso estar a contar-vos a minha história, m-mas não implica fraqueza! Estou só a satisfazer as vossas cabecinhas curiosas, é claro, humph! A Sr.ª Virgilia não era só a responsável por nós, não era apenas a nossa educadora, professora, ela era a nossa mãe, a nossa melhor amiga, bem, pelo menos a minha. Ela sempre cuidava de mim e de todos os meus irmãos, cada um abandonado, deixado, trocado, com um monte de embrulhados tristes a que chamávamos história. Todos nós tínhamos dons diferentes, porém sempre soube que eu era especial, eu tenho o mesmo talento que ela tinha. Uma bizarra dádiva divina, dizia ela sempre que ia até ao seu cofre no escritório do piso de baixo para pegar o seu segundo tesouro. As moedas. Aquelas rodelas de metal dourado com gravuras antigas que nem ela entendia eram algo de espectacular, vivia pedindo que me as mostrasse - e que deixasse usar, hihi!

No fundo, eu era feliz, vivia junto dos meus irmãos, irmãs e da minha mãe, aliás, da nossa mãe.

Mesmo com um raro talento, o meu sonho nunca fora ser uma maga poderosa, o meu sonho era poder dançar como a minha professora, que, por coincidência, também era Virgilia, ela era tudo o que eu queria ser. Poder dançar livremente como ela, dançar de forma tão graciosa, dançar de... dançar?! Desde aquele maldito dia, o dia em que ela teve que me deixar ir, o meu mundo desabou! Aquele homem maldito "adotou-me", eu ia ser a sua filha, ia começar algo novo, quem sabe serei, finalmente, uma dançarina - como me enganei. O meu coração fechou todas as memórias que tenho daqueles anos, a única coisa que resta é um ódio descomunal e "aquilo".

O que é "aquilo"? Estava escuro, aquele quarto era húmido, a minha cabeça rodava e rodava sem parar, os meus pulsos, os meus tornozelos, estava presa a uma mesa de metal fria, nua. O dia em que a minha inocência foi destruída, assim como o meu sonho. No meio dos meus gritos insistentes, aquele maldito demónio - não, não vou sequer considerá-lo um humano! - aquele maldito monte de merda! Ele... ele cortou as minhas pernas! Contei-lhe o meu sonho e com sorrisos e sussurros aos meus ouvidos arrancava as minhas pernas devagar, gostava de me ver a agoniar, dava-lhe prazer. Porco. Nojento. MONSTRO!

Desde então não me lembro de mais nada, acordei em casa, na minha casa, pensei que tudo fora um pesadelo e era. Era um pesadelo. Um pesadelo que se tornou verdadeiro assim que me tentei erguer. No lugar das minhas pernas estavam máquinas, não sabia como controlá-las, eram falsas, pensei... Como fui estúpida, pensei que Virgilia me podia ajudar. Rastejei até ao interior da casa, mas todos haviam desaparecido deste mundo, estavam todos mortos. As crianças estavam amontoadas na sala, sem vida, enquanto Virgilia, deitada no chão do seu escritório, olhava pelas portas para as crianças, vomitando o resto de sangue que lhe faltava, tingindo as moedas espalhadas pelo chão. Rastejei até ela, não fiz perguntas, não precisei, as minhas lágrimas eram suficientes, agarrei-me à moribunda. Ela parecia querer dizer-me alguma coisa. Colocou os braços frios, sem força, à minha volta, aconchegou-me encostando-me contra o seu peito caloroso e disse, enquanto soluçava, com grande dificuldade:

- Ainda bem que restou alguém...


Status:
HP: 75
MP: 30


Dados Mágicos:

Magia: Angel Magic
Magia Adjacente: Inicialmente, nenhuma


Força Física: 0
Resistência Física: 0
Força Mágica: 0
Resistência Mágica: 6
Velocidade: 8 m/s


Perícias:
- Dança
- História
-x
-x
-x

Inventário:




Joanne Bernkastel

Mensagens : 2
Data de inscrição : 31/01/2017

Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
MP:
75/75  (75/75)
HP:
30/30  (30/30)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Ficha - Joanne]

Mensagem por Eternyun em Ter Jan 31, 2017 5:03 pm

Ficha Aprovada
avatar
Eternyun
Admin
Admin

Mensagens : 413
Data de inscrição : 27/01/2017

Ficha de magos
XP:
0/100  (0/100)
MP:
50/50  (50/50)
HP:
60/60  (60/60)

Ver perfil do usuário http://fairytaileternum.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum